31 de agosto é dia do profissional Nutricionista. Em comemoração a essa linda
profissão, esta semana dedico meu artigo a falar da arte de ensinar as pessoas a
se alimentarem de forma saudável. 

Nunca fui a favor de radicalismo, com dietas restritivas, para alcançar objetivos
estéticos a qualquer custo comprometendo a saúde como um todo. 

A base da vida é a saúde, e a base da saúde é a alimentação! Na falta de harmonia
entre esses dois pontos, todas as outras áreas da nossa vida ficam
comprometidas. Parando para refletir, acho que essa é uma verdade universal,
não é mesmo? 

Não é à toa que a natureza nos fornece os alimentos, eles estão aí para nutrir o
nosso corpo, gerar energia para nossas células e fazer nossa “máquina” funcionar
de forma perfeita. A comida de verdade, nutre. Os produtos alimentícios,
envenenam. 

O caminho para uma saúde próspera é se aproximar dos alimentos in natura,
sem rótulos e listas de ingredientes. Fruta é fruta, verdura é verdura, arroz é
arroz, ovo é ovo, e nada mais. 

Quando nos afastamos dos alimentos e da cozinha, delegando esta tarefa para
outras pessoas, perdemos o controle sobre nossas escolhas alimentares. Será que
vale a pena delegar algo tão pessoal para alguém? O conhecimento é libertador!

Aprender a cozinhar nunca foi e nunca será perda de tempo. Cozinhar ou
gerenciar o preparo da própria comida é qualidade de vida, e sem dúvida, um
tremendo ato de amor e autocuidado.

Tendo isso em mente, vamos as dicas para promover uma saúde plena: se hidrate bem. 

Coma frutas e verduras todos os dias. Varie os alimentos do seu cardápio.
Mastigue devagar apreciando sua refeição. 



Siga nossas redes e assine nossa newsletter, de graça

Jornalismo sério, voltado ao Rio de Janeiro. Com sua redação e colunistas, o DIÁRIO DO RIO trabalha para sempre levar o melhor conteúdo para os leitores do site, espectadores dos nossos programas audiovisuais e ouvintes dos nossos podcasts. O jornal 100% carioca faz a diferença.


Coma quando sentir fome de verdade, e não por obrigação ou por desejo. 
Se alimente somente com a quantidade necessária para ficar satisfeito. Planeje sua rotina alimentar para fugir dos produtos industrializados. 

Desejo de coração que essas dicas básicas e fáceis de aplicar façam a diferença na
sua vida e na sua saúde.  A minha missão é te dar autonomia nutricional, porque cada pessoa deve ser o agente promotor da sua própria saúde.



Siga nossas redes e assine nossa newsletter, de graça

Jornalismo sério, voltado ao Rio de Janeiro. Com sua redação e colunistas, o DIÁRIO DO RIO trabalha para sempre levar o melhor conteúdo para os leitores do site, espectadores dos nossos programas audiovisuais e ouvintes dos nossos podcasts. O jornal 100% carioca faz a diferença.

2 COMENTÁRIOS

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui