Todos os alimentos que ingerimos provocam um aumento do gasto energético do nosso organismo para realizar o processo de digestão e absorção dos nutrientes.

Existem alguns alimentos que possuem substâncias com propriedades nutricionais que potencializam ainda mais o metabolismo. Essa é a classe dos alimentos termogênicos. Eles possuem o efeito de acelerar o metabolismo, aumentar a temperatura corporal, acelerar os batimentos cardíacos, estimular a queima de gordura.

Durante o processo de emagrecimento, tudo o que mais queremos é intensificar o gasto de energia pelo corpo, portanto, é bem interessante incluir alguns desses alimentos na dieta diária para estimular o metabolismo a gastar mais energia e facilitar a redução de gordura corporal.

Lembrando que emagrecer depende de um conjunto de fatores para ser eficiente. A dieta deve ser equilibrada e nutritiva, é importante a prática de exercício físico associado à dieta, o sono deve ser adequado para regenerar os tecidos corporais.

Desde que toda a base para garantir um metabolismo potente seja feita, podemos lançar mão da estratégia de usar os alimentos termogênicos na dieta para dar um efeito ainda mais positivo. Ao passo que, se utilizado somente de forma isolada, sem nenhuma preocupação com as outras estratégias que garantem o melhor resultado, definitivamente não vai adiantar de nada.  

O gasto calórico em uma dieta que inclua termogênicos naturais fica em torno de 5% a 10% a mais em relação ao gasto energético normal do nosso metabolismo, o que pode auxiliar na perda de peso.

Os principais alimentos dessa lista que podem fazer parte da rotina diária são:

Chá verde

Chá branco

Café

Mate

Canela

Gengibre

Pimenta

Além de auxiliar na perda de gordura, esses alimentos também possuem propriedades excelentes para a saúde de forma geral. São anti-inflamatórios, antioxidantes, melhoram a imunidade, previnem o envelhecimento, ajudam a regular a glicemia, controlam o diabetes, melhoram a digestão.

Um ponto de atenção:

Por serem estimulantes, esses alimentos devem ser evitados no período da tarde para a noite evitando assim interferências negativas na qualidade do sono.

Cuidado com exageros na utilização para evitar sintomas como dor de cabeça, tontura, insônia e problemas gastrointestinais. Qualquer excesso é desnecessário e não recomendado.

Alguns grupos como gestantes, lactantes, hipertensos, cardíacos, pessoas com gastrite e problemas na tireóide devem evitar o consumo desses alimentos. Procure orientação profissional para casos especiais.

Num contexto em que tudo está favorável, os alimentos termogênicos são a cereja do bolo para auxiliar no emagrecimento. Possuem sim efeito positivo, mas não fazem milagre.



Toda manhã o resumo do Rio de Janeiro

Fernanda Mendonça Dias
Formada pelo Centro Universitário Newton Paiva - Belo Horizonte, com Pós graduação em Nutrição Esportiva Funcional pelo VP Centro de Nutrição Funcional - Rio de Janeiro. É Nutricionista do BNDES (Nutrendo), Consultoria Nutricional do Programa de Treinamento online Treinando em casa com o Rafa @personalrafamachado, , Nutricionista do Projeto Social Avante @projetoavante_ e Nutricionista parceira do N Comidas (marmitas saudáveis e balanceadas) @n.comidas_n.comidas

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui