Foto: Reprodução Internet

Com certeza este foi o suplemento mais procurado nos últimos tempos, principalmente pelo público feminino. E vale mesmo a pena usar?

Primeiro precisamos entender o que e para que serve cada tipo de colágeno e avaliar a real necessidade de incluir na sua rotina. 

O colágeno é a proteína mais abundante do organismo e existem mais de 20 tipos diferentes. Vamos focar nos mais comuns que são o tipo I e tipo II. 

O colágeno hidrolisado tipo I, é um conjugado de aminoácidos que fornece benefícios para a saúde da pele, cabelo, unhas, mucosa intestinal e músculos. Ainda temos a versão com verisol, que é uma tecnologia que garante uma melhor formação de colágeno dentro da célula. 

É verdade que após os 30 anos precisamos potencializar a produção de colágeno pelo corpo, porém se a sua ingestão de proteína diária através da alimentação por suficiente, você fornece essa matéria prima para o seu organismo produzir o próprio colágeno sem ter que suplementar. 

Entenda que as proteínas possuem função primariamente de síntese de tecidos, neurotransmissores, enzimas, hormônios, portanto, se a sua ingestão proteica estiver baixa, o colágeno suplementado será desviado para a formação dessas estruturas corporais que são mais relevantes para a saúde como um todo do que a melhora da sua pele, cabelo e unhas. Portanto, avalie sua dieta, melhore primeiro a ingestão de proteína através da alimentação, para depois pensar em suplementar. 

O colágeno é uma proteína de fácil digestão e absorção pelo intestino, dificilmente irá te causar algum desconforto, como pode acontecer com alguns outros tipos de suplementos de proteína, como por exemplo, whey protein, albumina e caseína. Essa é uma vantagem, principalmente para complementar a ingestão proteica em idosos, ou para intolerantes a outros tipos de proteína. 

Já o colágeno não hidrolisado tipo II é específico para as articulações, cartilagens e ossos. Ele melhora a lubrificação dessas estruturas corporais, a hidratação e a flexibilidade. Muito bem vindo para quem tem doenças articulares, desgastes, dores nas juntas e em praticantes de exercício de alto impacto. 

E qual a melhor versão, pó ou cápsula?

Em pó, com certeza! Bem mais fácil concentrar num pó os 9 gramas em média de proteína do que tomar várias cápsulas para atingir essa dose. 

Como escolher qual produto tomar?

Existem muitas marcas no mercado, para escolher a melhor opção, sempre leia o rótulo e fuja dos produtos com uma lista extensa de ingredientes, açúcares ou adoçantes artificiais e aromatizantes. 

Espero ter contribuído com a sua decisão de suplementar ou não o colágeno, e na dúvida, procure um nutricionista para orientação individual. 

11 COMENTÁRIOS

  1. Olá bom dia…também tenho a mesma dúvida posso tomar os dois juntos?quero tomar pra flacides melhora da pele e cabelos mais quero tanbn pra os ossos pois tenho muita dor será que pode e se sim vc poderia me indicar algum?

    • Olá Renata, tudo bem? Me chamo Denis e trabalho com a Jeunesse.
      Temos o Naara, que é um produto com 11,5g de colágeno e entrega um excelente resultado. Hoje o Naara é um dos melhores, para não afirmar que é o melhor, colágenos da América Latina.
      Para flacidez temos o Naara com Verisol nos sabores chocolate e doce de leite…. uma delicia!!!

      Qualquer dúvida, pode me chamar no whatsapp 11 94130-9091

  2. Olá, bom dia. Posso tomar o I e o II juntos? Meu cabelo cai muito e as unhas descamam. Tenho artrose no joelho e osteoporose na coluna e fêmur. Dedfr já agradeço. Ah! Vc pode indicar algum pra mim??

  3. Olá, bom dia. Posso tomar o I e o II juntos? Meu cabelo cai muito e as unhas descamam. Tenho artrose no joelho e osteoporose na coluna e fêmur. Dedfr já agradeço. Ah! Vc pode indicar algum pra mim??

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui