Foto: Luciano Munhoz/SAÚDE é Vital

O aparecimento de cabelos brancos é um processo natural do envelhecimento. As células que produzem a pigmentação dos fios, os melanócitos, deixam de produzir a melanina, pigmento responsável pela coloração dos cabelos. 

Porém, quando esse embranquecimento acontece de forma precoce, existe a possibilidade da interferência de fatores genéticos, e também, na grande maioria dos casos, fatores relacionados ao estresse e ao excesso da produção de radicais livres que geram envelhecimento celular.

O fígado é o órgão que realiza o processo de destoxificação do corpo, ele é responsável por manter o equilíbrio entre a produção e a eliminação de radicais livres, que em excesso provocam dano oxidativo, e consequentemente, danos aos tecidos e células do organismo. Quando ocorre um aumento de radicais livres no cabelo, o primeiro sinal que aparece é a perda da cor.

Uma alimentação inflamatória, rica em gorduras saturadas, frituras, açúcar e produtos industrializados favorece a produção exacerbada de radicais livres, assim como a contaminação por metais pesados, excesso de poluentes, fumo, uso crônico de medicamentos podem interferir negativamente no processo de detox hepático, ocorrendo assim, o acúmulo de toxinas no corpo.

Para minimizar os efeitos dos radicais livres no organismo, precisamos aumentar significativamente a ingestão de antioxidantes, nutrientes que ajudam a neutralizar o dano celular e o envelhecimento precoce. Uma dieta rica em frutas, verduras, legumes, grãos integrais, castanhas, sementes, azeite, são fontes de vitamina A, vitamina C, vitamina E; minerais como selênio, zinco e compostos bioativos, como ômega 3, glutationa, licopeno; com propriedades antioxidantes e antiinflamatórias.  

Doenças crônicas degenerativas, como diabetes, dislipidemias, hipertensão arterial, obesidade, doenças autoimunes, doença de Alzheimer, entre outras, cursam com inflamação crônica e podem gerar envelhecimento precoce. Nesses casos, o recomendado é uma mudança de estilo de vida, com melhora dos hábitos alimentares e prática regular de exercício físico. Desta forma, é possível adquirir  um peso corporal mais saudável e reduzir o estresse metabólico gerado por essas patologias, e assim, retardar o envelhecimento celular.  

O estresse é uma das causas de aumento de radicais livres em todo o organismo, inclusive nos cabelos. Isso causa agressão às células que fazem a melanina e, como consequência, ocorre um aumento dos fios brancos. Práticas de respiração e meditação são grandes aliadas no controle do estresse físico e emocional. 

Sono de má qualidade também é um grande agente de envelhecimento que pode contribuir para o aparecimento dos fios brancos precocemente. Durante uma boa noite de sono fazemos a reparação celular, eliminação de toxinas, fortalecemos a imunidade, melhoramos a produção hormonal responsável por manter o organismo em equilíbrio. 

A saúde dos fios vem de dentro para fora!

Formada pelo Centro Universitário Newton Paiva - Belo Horizonte, com Pós graduação em Nutrição Esportiva Funcional pelo VP Centro de Nutrição Funcional - Rio de Janeiro. É Nutricionista do BNDES (Nutrendo), Consultoria Nutricional do Programa de Treinamento online Treinando em casa com o Rafa @personalrafamachado, , Nutricionista do Projeto Social Avante @projetoavante_ e Nutricionista parceira do N Comidas (marmitas saudáveis e balanceadas) @n.comidas_n.comidas

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui