Foto: Reprodução/TV Globo

Segundo o último boletim divulgado pela Governo do RJ, o sistema público de saúde do estado apresenta 90% de ocupação em leitos de terapia intensiva. De acordo com a última atualização, pelo menos 22 municípios têm taxas de UTI de ocupação de leitos a partir dos 90%. Deste total, 11 não têm mais vagas. E há ainda duas cidades com ocupação superior a 100%: Itaguaí, na Região Metropolitana, com 140%, e Rio das Ostras, na Região dos Lagos, com 109%.

Na Capital Fluminense, são 1.411 pacientes internados pela doença e outras 93 pessoas na fila de espera. Este é o primeiro fim de semana com medidas flexibilizadas na cidade, após duas semanas, sendo 10 dias de recesso sanitário. Contudo, as restrições para praias, parques e cachoeiras continuam valendo. Assim, cariocas e turistas seguem proibidos de permanecer na areia.

Na última sexta-feira (09/04), o boletim epidemiológico divulgado semanalmente pelo município mostrou que a cidade tem seis de suas 33 regiões administrativas com risco muito alto para Covid-19. Esse é o patamar mais alto da escala de três níveis utilizada pela Secretaria Municipal de Saúde. Na semana anterior, era apenas uma. Todas as demais 26 áreas da cidade apresentam risco alto, o segundo da classificação.

A Prefeitura do Rio informou que a flexibilização iniciada na sexta-feira foi permitida por causa da redução de pacientes que buscaram as redes de urgência e emergência do município com sintomas de Covid-19 nas últimas duas semanas.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui