Foto: (Reprodução Internet)

A Fiocruz anunciou que finalmente receberá as vacinas da Índia nesta sexta-feira, dia 22/01. Após a liberação das exportações pelo governo indiano, a previsão é de que os 2 milhões de doses desembarque em solo brasileiro às 17:40 h, no aeroporto de Garulhos, em São Paulo.

Somente após os trâmites alfandegários, é que as vacinas seguirão para o aeroporto internacional RIO-Galeão, no Rio de janeiro, para desembarque e trajeto até o Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos/Fiocruz). Ao longo de todo o trajeto, os imunizantes estarão armazenados em caixas do tipo pallets, que serão acondicionadas em envirotainers, pequenos containers utilizados para transportes de carga que necessita de controle de temperatura. Nesses envirotainers, as vacinas serão mantidas na temperatura entre 2 a 8º C.

Durante a madrugada do dia 23/01, as vacinas irão passar por checagem de qualidade e segurança, além de rotulagem, com etiquetagem das caixas com informações em português. A Fiocruz explica que este procedimento é realizado por equipes treinadas em boas práticas de produção.

A previsão é de que as vacinas estejam prontas para distribuição no período da tarde do dia 23/01. Toda a logística de distribuição ficará sob a responsabilidade do Ministério da Saúde, por meio do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19. 

Costa do mar, do Rio, Carioca, da Zona Sul à Oeste, litorânea e pisciana. Como peixe nos meandros da cidade, circulante, aspirante à justiça - advogada, engajada, jornalista aspirante. Do tantã das avenidas, dos blocos de carnaval à força de transformação da política acreditando na informação como salvaguarda de um novo tempo: sonhadora ansiosa por fazer-valer!

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui