Imagem apenas ilustrativa | Foto: Mauricio Bazilio/Getty Images

Nesta sexta-feira (17/09) foi divulgado o Boletim do Observatório Covid-19 Fiocruz. Nesta edição, o Rio de Janeiro é a única capital com a taxa de ocupação de leitos de UTI Covid-19 para adultos acima de 80%, alcançando o percentual de 82%. Em contraponto, o número de casos e óbitos aparece em queda.

Segundo o boletim, o número de casos e de óbitos no Brasil sofreu a maior queda desde o início de 2021. São agora 12 semanas consecutivas de diminuição do número de mortes, com redução de 3,8% ao dia na última Semana Epidemiológica (SE 36). O total de casos também apresenta tendência de redução, mas com oscilações ao longo das últimas 12 SE.

Apesar da análise das Síndromes Respiratórias Agudas Graves (SRAG), realizada pelo InfoGripe/Fiocruz, indicar tendência de melhora no quadro geral do país, o estudo chama atenção para a avaliação de média móvel das últimas semanas, que mostra que o estado do Rio de Janeiro ainda está com taxa acima de 5 casos por 100 mil habitantes, considerada muito alta.

A nova edição coloca também em pauta o “passaporte de vacinas”. Na visão dos cientistas, a iniciativa é uma política pública para a proteção coletiva e estímulo da vacinação.

Apesar da queda acentuada da mortalidade por Covid-19, a pandemia ainda não acabou e cuidados ainda devem ser mantidos para que este quadro positivo não seja revertido. A implementação de um passaporte de vacinas no país tem sido discutida como uma estratégia para estimular a imunização de parte da população que ainda não buscou os postos de vacinação, bem como para garantir o controle da pandemia num cenário de flexibilização de medidas não-farmacológicas, como restrição de determinadas atividades que propiciam a aglomeração de pessoas”, enfatizam os pesquisadores.

1 COMENTÁRIO

  1. Por acaso houve alguma época na saúde pública do Rio pre pandemia onde a taxa de ocupação de leitos de UTI ficava abaixo destes 80%? Que eu me lembre, sempre teve fila e precariedade. Tudo dentro da normalidade…Sempre foi assim…

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui