Foto: Reprodução

A Fiocruz irá apresentar na próxima quarta-feira (24/03) o plano de trabalho para enfrentamento da covid-19 nas favelas à Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). A medida foi garantida pela Lei 8.972/20, de autoria da deputada Renata Souza (Psol), atual líder do PSol no Parlamento Fluminense. Além da deputada, o presidente da Casa, deputado André Ceciliano (PT), também irá participar do encontro.

De acordo com o plano, serão aplicados R$ 20 milhões doados Alerj no ano passado, para projetos de enfrentamento à Covid-19 nas favelas. Na reunião, haverá a definição da forma como a verba será aplicada.

Renata Souza explica como será realizado o plano:

“Era uma das exigências do projeto que a Fiocruz apresentasse à Casa um plano de trabalho executivo, detalhando as ações que serão apoiadas, os itens de despesa e o cronograma de desembolso. Essas informações também deverão ser disponibilizadas no site da fundação”, esclareceu, Renata Sousa.

A parlamentar ainda informou que a medida propõe dispositivos de atendimento adequados à realidade dos territórios da cidade e de acordo com a situação sanitária da pandemia. “Ainda assim, é preciso levar em consideração as evidências científicas e os protocolos decorrentes delas. Amanhã estaremos atentos a isso”, concluiu Renata.

Costa do mar, do Rio, Carioca, da Zona Sul à Oeste, litorânea e pisciana. Como peixe nos meandros da cidade, circulante, aspirante à justiça - advogada, engajada, jornalista aspirante. Do tantã das avenidas, dos blocos de carnaval à força de transformação da política acreditando na informação como salvaguarda de um novo tempo: sonhadora ansiosa por fazer-valer!

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui