Foto: Michel Jesus

Nesta quarta-feira (02/02), a informação de que a deputada Flordelis seria a nova titular da Secretaria da Mulher na Câmara dos Deputados movimentou as redes sociais. Mas, na verdade não é bem assim. A confusão aconteceu porque todas as deputadas do sexo feminino são apontadas para este cargo até que a votação, de fato, ocorra.

Dessa forma, assim como Flordelis, todas as mulheres deputadas são apontadas no site da Câmara para a Secretaria da Mulher para que possam disputar a eleição, que deve ocorrer em março.

A deputada é ré no processo que investiga o assassinato do marido da parlamentar, o pastor Anderson do Carmo. Ela é suspeita de participação no crime. Por conta disso, a informação de que Flordelis assumiria o cargo na secretaria, que chegou a ser publicada em portais de notícias como “O antagonista” e “Uol”, causou revolta nas redes sociais.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui