Foto: Reprodução

Por 437 votos a 7, a plenário da Câmara dos Deputados aprovou nessa quarta-feira (11/08), a cassação do mandato da deputada Flordelis (PSD-RJ). Outros 12 deputados se abstiveram.

Ela é acusada de ser a mandante do assassinato do marido, o pastor Anderson do Carmo, em junho de 2019. O processo criminal ainda não foi julgado, todavia, os deputados consideraram que a atuação da parlamentar ao longo do caso feriu o Código de Ética da Câmara.

Eram necessários, pelo menos, 257 votos favoráveis à cassação para a perda do mandato. A Parlamentar nega as acusações e se diz alvo de “injustiça”.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui