Fred Luz defende valorização dos professores

Pela manhã, candidato esteve no CRC, onde recebeu estudo sobre o ambiente de negócios na cidade e fez live com Claudio Manoel

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

Na live desta quinta-feira (29.10) com o humorista Cláudio Manoel, o candidato a prefeito do Rio em 2020 pelo Novo, Fred Luz, falou sobre suas propostas para a Educação na rede municipal. Ele defendeu que o foco prioritário da gestão deve ser garantir a qualidade do aprendizado e redução do analfabetismo funcional, cujos índices são muito altos no Rio. O “Programa Sou Fred Luz” é uma série de lives diárias, sempre ao meio-dia, para que o candidato possa falar de suas propostas e responder perguntas dos eleitores.

Pela manhã, o candidato esteve reunido com o presidente do Conselho Regional de Contabilidade, Samir Nehme, para conhecer estudo da entidade, feito a seu pedido, com propostas para tornar o ambiente de negócios mais amistoso na cidade. O CRC representa 25 mil contadores no município que trabalham nas áreas de regulamentação de empresas e arrecadação de tributos. “Em minha gestão, a sociedade organizada vai ter participação ativa. O Conselho pode ajudar muito a Prefeitura apontando os gargalos e sugerindo as soluções para estimularmos as empresas e os empreendedores a investirem no Rio. Só assim vamos desburocratizar, simplificar e voltar a gerar empregos e futuro”, disse Fred.

Educação

Durante a live, Fred explicou sua proposta prioritária para melhorar a educação na rede municipal:  “o objetivo é garantir que todas as crianças estejam alfabetizadas ao final do primeiro ano do Ensino Fundamental, que aprendam a cada ano sem que sejam reprovadas (sem aprovação automática), e que, ao final de quatro anos do mandato, o Rio seja um dos melhores do Brasil. Infelizmente hoje, ao final do 3º ano, 50% das crianças são analfabetas funcionais, isto é, são incapazes de compreender o que leem e, ao final do 9º ano, 81% não têm o conhecimento adequado”, explicou. 

O candidato adiantou que pretende copiar e aplicar as práticas de cidades que já estão dando certo, como no Ceará, Pernambuco, Piauí e Espírito Santo. “Faremos avaliações de dois em dois meses para identificar a necessidade de reforço escolar e aplicar este reforço imediatamente. Esta prática permite também identificar necessidades de apoio e capacitação para professores e diretores das escolas. Também vamos estabelecer uma rotina de relacionamento com os pais e responsáveis pelos alunos para reduzir a evasão escolar e criar ambiente de colaboração para o aprendizado de seus filhos”.

Advertisement

Com relação aos professores, Fred Luz adiantou que vai valorizar a sua experiência, criando com eles canais para avaliação das metodologias e condições da rede escolar. “Os professores sabem exatamente quais são os problemas e como resolvê-los. Eles serão ouvidos”. Diante da pergunta sobre segurança nas escolas, feita por uma mãe que tem filhos na rede municipal, o candidato informou que vai usar a Guarda Municipal e a Polícia Militar para fazer este trabalho, dentro do plano de segurança integrado com os governos federal e estadual, que pretende implementar. Claudio Manoel, ex-aluno de escola pública, assim como Fred, sugeriu o uso das escolas nos horários ociosos para atividades de cultura, como teatro, música e literatura, que servem tanto para estimular a formação intelectual dos alunos quanto para tornar a educação mais atraente. A ideia foi aprovada de pronto pelo candidato.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Fred Luz defende valorização dos professores
Advertisement

1 COMENTÁRIO

  1. O candidato a Prefeito do Rio de Janeiro Fred Luz, defende valorização dos professores.
    Não sei o que o candidato quis dizer com a afirmação “Valorização dos Professores”.
    Os professores, diferentemente dos profissionais de e outras categoriais, tem o reajuste de salários através da Lei, de 2008, vincula reajuste anual à variação do valor por aluno do Fundeb, o que reflete em aumentos acima da inflação.
    Em 2019, o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), foi de 4,6%, e o último aumento dos professores pela Lei foi de 12,84%,
    Vale ressaltar; que dentro das salas de aulas, tem dois principais agentes: 1) Os Professores que detém o saber e; 2) Os alunos que se disponibilizam para receber o saber dos professores. O que impede que os Professores atendam a expectativa e, a necessidade de aprendizado dos seus alunos? Eu diria; que falta a que de direito, estabelecer um processo de avaliação de desempenho dos professores dentro das salas de aulas. Uma coisa, é saber dar aulas e, outra coisa; é estar dentro das salas de aulas para pura e simplesmente passar matérias para cumprir o conteúdo programático.
    No entanto, até a presente data, nenhum estado brasileiro atinge meta do Ideb para o ensino médio.
    O que reflete a má qualidade do Ensino Público em nosso país. Uma coisa, é estar dentro das salas de aulas para passar matérias. Outra coisa; é estar dentro das salas de aulas para dar aulas.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui