Gabriel Monteiro tem o mandato de vereador cassado

O placar da votação na Câmara foi de 48 votos a 2. Apenas Gabriel Monteiro e Chagas Bola votaram contra a cassação

Vereador Gabriel Monteiro Imagem: Divulgação/Câmara do Rio

Nesta quinta-feira, 18/08, os vereadores da cidade do Rio de Janeiro decidiram, por conta da quebra de decoro parlamentar, pela perda de mandato de Gabriel Monteiro. O placar foi de 48 votos a 2. Apenas Gabriel Monteiro e Chagas Bola votaram contra a cassação. Carlos Bolsonaro está licenciado e não votou. Monteiro é acusado por suspeita de assédio sexual, forjar vídeos na internet e de estupro de vulnerável.

A sessão teve início às 16h, no plenário da Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro e terminou às 22h23.

O agora ex-vereador Gabriel Monteiro foi investigado no Conselho de Ética da Câmara por acusações de assédio sexual, forjar vídeos na internet e de estupro de vulnerável, por filmar relações com menor de idade, o que é crime previsto pelo Estatuto da Criança e do Adolescente. Monteiro já é réu na Justiça por isso.

Na última quarta-feira, 17/08, quando foi negado na Comissão de Justiça e Redação e a votação da cassação determinada, um novo áudio que Gabriel Monteiro teria admitido sexo com menores foi divulgado.

Durante a sessão, Gabriel Monteiro negou todas as acusações.

Advertisement

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui