Garis suspendem greve

Durou menos de 24 horas a greve dos garis. O Sindicato de Asseio e Conservação do Município do Rio entrou em um acordo com a Prefeitura do Rio e a greve que começou nesta segunda-feira foi suspensa

A confirmação foi dada pelo presidente da Comlurb, Tarquínio Almeida para a imprensa

Não foi informado ainda em qual base ficou o acordo entre o Sindicato e a Prefeitura, mas foi confirmado que, de fato, irá haver um aumento acima dos 3,73%, que será revelado em uma nova assembleia, na próxima quinta.

<

A categoria reivindicava por 10% de aumento salarial e no tíquete, além de implantação imediata do novo Plano de Cargos e Salários

1 COMENTÁRIO

  1. Suspenderam mas decidiram voltar nessa sexta-feira.

    Determinadas revindicações são absurdas! Vejam:
    “Insalubridade para agentes do preparo de alimentos, auxiliares de serviços gerais e vigias e pagamento de acordo de resultados”

    Sem desmerecê-los, mas são revindicações de canalhas! – exceto o reajuste da inflação, que, no entanto, deveria também atender a todas as demais categorias profissionais.

    Essa coisa de reajuste para determinada categoria que faz pressão deveria ser proibida!
    Ou se faz reajuste geral, ou não se faz de ninguém.
    Não pode ficarem agentes da segurança pública e da limpeza urbana, que com suas paralisações e pressões conseguem alcançar benefícios, ou juízes e promotores imporem aumentos e criarem penduricalhos para si próprios, mas os profissionais da educação, da saúde e demais serviços ficarem de fora ano após ano com salários defasados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here