Foto: Divulgação

Depois de mais de 2 anos de inércia e erros administrativos, o prefeito Marcelo Crivella vê sua gestão ser mal avaliada pela grande maioria dos cariocas.

Depois de muitas trapalhadas e histórias mal contadas, dessa vez o prefeito chegou à gota d’água que faltava para transbordar o copo.

Em reunião na Taquara, o prefeito generalizou e disse que os policiais militares são corruptos e recebem propina de traficantes, depois disse que o VLT do centro do Rio é uma porcaria, valendo lembrar que a própria Prefeitura é responsável pela fiscalização do serviço. Para completar, Crivella volta a atacar o carnaval, falando mal de uma festa que trouxe 3,78 bilhões de renda para a Cidade segundo a própria RioTur.

Por fim, o prefeito diz que a Cidade que ele mesmo administra é “uma esculhambação completa”. Talvez seja então um retrato da gestão atual da Prefeitura.

Acho que Crivella deveria adotar uma estratégia se quiser mesmo se reeleger: trabalhar mais e falar menos.

7 COMENTÁRIOS

  1. ” Em reunião na Taquara, o prefeito generalizou e disse que os policiais militares são corruptos e recebem propina de traficantes, depois disse que o VLT do centro do Rio é uma porcaria, valendo lembrar que a própria Prefeitura é responsável pela fiscalização do serviço ”

    Crivella não falou nenhuma mentira. A PM é uma das policias mais corruptas e violentas do mundo. Convenhamos. Aliás, é uma vergonha uma instituição militar fazer papel de policia. A PM há muito tempo deveria ser abolida. É o que penso!

  2. ” Em reunião na Taquara, o prefeito generalizou e disse que os policiais militares são corruptos e recebem propina de traficantes, depois disse que o VLT do centro do Rio é uma porcaria, valendo lembrar que a própria Prefeitura é responsável pela fiscalização do serviço ”

    Crivella não falou nenhuma mentira. A PM é uma das policias mais corruptas e violentas do mundo. Convenhamos. Aliás, é uma vergonha uma instituição militar fazer papel de policia. A PM há muito tempo deveria ser abolida.

  3. Quem estava lá, sabe muito bem o que foi dito. Primeiro que não houve generalização, já que ele disse que uma minoria fazia isso, segundo que o contrato de gestão do VLT foi assinado pelo Paes. Enfim, mídia torpe e imbecil, que tem lado no jogo político.
    Triste.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui