O governador Wilson Witzel se reuniu, nesta quinta-feira (23/05), com cinco prefeitos da Região dos Lagos para traçar um planejamento de ações emergenciais para as cidades atingidas pelas fortes chuvas da semana passada. O município de Arraial do Cabo, que decretou estado de emergência, sediou o encontro liderado pelo prefeito Renato Vianna.

Os prefeitos de Cabo Frio, Adriano Moreno, de Iguaba Grande, Baliester Werneck, de São Pedro da Aldeia, Cláudio Chumbinho, além do vice-prefeito de Araruama, Marcelo Amaral, também estiveram na reunião. Witzel determinou o início das ações emergenciais do Governo do Estado no Morro da Cabloca, em Arraial, que tem risco de deslizamento de terra.

“Alinhamos várias questões na reunião, entre elas, a ajuda que o Governo do Estado está trazendo aos municípios atingidos pelo temporal na região. O secretário de Infraestrutura já falou com o prefeito Renatinho sobre a situação da encosta do Morro da Cabloca para traçarmos ações emergenciais a fim de evitar que, em uma próxima chuva, venha a ter um novo deslizamento. Em breve, teremos também o programa ‘De Casa Nova’, que são habitações para a população de baixa renda. Vamos começar pela identificação dos terrenos. O projeto servirá para retirar as pessoas das áreas de risco”, declarou Wilson.

O governador também falou sobre as intervenções do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RJ) nas localidades.

“Com relação às estradas e ruas que tiveram problemas de buracos no asfaltamento gerados pelas chuvas, vamos atuar com o DER, que fará a pavimentação. Assinei recentemente o repasse de R$ 120 milhões do Detran para o DER e vamos resolver esta questão”, afirmou.

Witzel também ressaltou a importância do investimento no turismo na região, que é um tradicional polo turístico do estado.

“Nosso trabalho agora será na divulgação da Região dos Lagos, Mangaratiba, Paraty, Angra dos Reis e todo o interior do estado, como está sendo feito pelo “TurisRock”. Todos aqueles 700 mil visitantes que virão para o Rock In Rio podem achar no site do festival informações sobre as cidades fluminenses. Da mesma forma está acontecendo nas feiras internacionais do setor, onde estamos com um estande próprio do Rio de Janeiro para divulgar as cidades. Vamos fazer um trabalho conjunto para atingir a nossa meta de 4 milhões de turistas até 2022”, disse.

Em relação aos municípios do interior do estado, sobretudo na questão do turismo, Witzel vem sendo elogiado. Membros de Convention & Visitors Bureau de diversas regiões do Rio dizem que há tempos um governador não se mostrava tão presente e interessado na área.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui