Foto: Reprodução Internet

A partir do ano que vem, o Sambódromo do Rio será administrado pelo governo Estadual. O acordo foi definido pelo governador Wilson Witzel e o prefeito Marcelo Crivella na noite desta terça-feira (16/07). Os detalhes sobre a gestão do local ainda serão divulgados.

Em junho, o prefeito e o governador já haviam antecipado que haveria uma parceria entre estado e prefeitura na Marques de Sapucaí. Foi cogitada, inclusive, a possibilidade de concessão à iniciativa privada.

De acordo com o governo, o objetivo é que o espaço seja utilizado durante o ano inteiro, e não apenas no Carnaval.   

Através do seu Twitter, o ex-prefeito do Rio, Eduardo Paes, se manifestou contrário a decisão.

Para o analista político do Diário do Rio, Bruno Kazuhiro, o processo de mudança de administração do Sambódromo ainda vai passar por muitos trâmites jurídicos até a sua conclusão.

“A transferência do Sambódromo para o Estado tem Crivella a favor mas tem a Câmara Municipal e muitos conselheiros do Tribunal de Contas municipal contrários. O prefeito vai enfrentar batalha política e jurídica para tentar concretizar sua vontade de abrir mão do carnaval.” – analista Político Bruno Kazuhiro

O vereador Thiago K disse que como é alienação de imóvel municipal precisa de aprovação da Câmara de Vereadores e pode pedir a suspensão do acordo.

2 COMENTÁRIOS

  1. Esse prefeito é um perfeito idiota. Por ue não entrega o cargo e se defina como totalmente incompetente para o cargo de prefeiro, esse diabo velho doente e brocha. ele é um prefeito idiota que nem sabe quem é e nem gosta da própria mulher. Muito idiota.

    • UM PREFEITO QUE ABANDONA A ZONA OESTE A PROPRIA SORTE, UM PREFEITO QUE ODEIO O CARNAVAL, UM PREFEITO QUE NÃO TEM O ESPIRITO CARIOCA, NÃO PODE SER PREFEITO DA CIDADE DE SÃO SEBASTIÃO DO RIO DE JANEIRO! MUI AMADA, MUI QUERIDA E SEMPRE CIDADE MARAVILHOSA!

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui