Imagem meramente ilustrativa - Foto: Ângela Góes

O Governo do Rio de Janeiro sancionou, na última quarta-feira (29/09), uma lei que autoriza um adicional de 20% na remuneração salarial de bombeiros militares do estado por suas respectivas atuações no período noturno.

A nova medida, já publicada no Diário Oficial, é de autoria do deputado Márcio Gualberto (PSL) e foi anteriormente aprovada pela Assembleia Legislativa fluminense (Alerj).

Vale ressaltar que, para o cumprimento da norma 9420/21, o Poder Executivo do RJ deverá apresentar estudo de impacto financeiro-orçamentário.

Por se tratar de lei autorizativa, a implementação depende da conveniência da gestão da administração pública estadual.

”A Constituição garante essa remuneração. Esses servidores se colocam à disposição da sociedade para garantir serviços essenciais à nossa subsistência, quando se submetem ao serviço noturno. Este serviço deve, portanto, ser remunerado para poder fazer justiça aos nobres servidores do nosso estado”, disse Gualberto em sua justificativa para a criação da lei.

1 COMENTÁRIO

  1. Eita classe privilegiada essa de militares e peddoal da segurança pública…

    O orçamento é praticamente todo deles, cujo gasto qequivale ao da Saúde e da Educação somados.

    Essa é a prioridade em países subdesenvolvidos de cujas elites políticas, empresarias da indústria e do capital (bancos, financeiras e corretoras) mandam.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui