Bonde de Santa Teresa (Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)

Segundo informou a jornalista Berenice Seara, o governo do estado pretende passar para a iniciativa privada a administração do bondinho de Santa Teresa, localizado na região central do Rio. O meio de transporte que leva moradores e turistas às partes mais altas do bairro, ficou anos parado depois do acidente de 2011. O valor atual da passagem é de R$ 20.

Ainda de acordo com a jornalista, a concessão faz parte de um portfólio que o secretário de planejamento, José Luiz Zamith, apresentou nesta terça-feira (09/03) a representantes da Firjan, sob o nome de “Facilita RJ“.

No início do mês, o governo abriu um Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) para receber estudos que atestem a viabilidade da concessão dos bondes. Os requerimentos serão recebidos até o dia 31 deste mês.

A iniciativa também prevê uma linha da estação da Carioca à estação Silvestre, passando pelas áreas do Curvelo, Largo do Guimarães e Dois Irmãos, um ramal ligando o Largo dos Guimarães ao terminal Paula Mattos, além da manutenção e gestão de todo o sistema.

O projeto também vai incluir parcerias com a iniciativa privada para a região da Estação Leopoldina, no Centro do Rio, para o Mercado da Uruguaiana, e para o Parque Nelson Mandela, ao lado da estação de metrô Botafogo.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui