O Rio de Janeiro se prepara para estreitar ainda mais a parceria entre o Brasil e a Itália para a construção de cidades inteligentes. Em evento promovido pelo Consulado-Geral da Itália na manhã desta quarta-feira (8/9), o Governo do Estado do Rio de Janeiro e a Prefeitura do Rio anunciaram projetos que fortalecem o apoio técnico e científico italiano na elaboração de projetos de urbanização sustentável baseados em tecnologia e inovação.

Os anúncios foram feitos na abertura do 2º Encontro Research to Business (R2B) Itália-Rio, realizado pelo Consulado-Geral no RJ e a Embaixada italiana em parceria com a FGV Europe. Nesta segunda edição, em função da pandemia, o evento foi totalmente online e contou com a participação de autoridades, pesquisadores e empresários dos dois países.

“O primeiro encontro R2B foi realizado em setembro de 2019 na sede deste Consulado, no centro da cidade do Rio de Janeiro, e encorajou uma colaboração sinérgica cada vez mais estreita entre diversas grandes empresas italianas radicadas no Brasil e no Rio, que possuem uma liderança tecnológica internacionalmente reconhecida, como a ENEL, a Leonardo e a TIM”, lembrou o cônsul-geral da Itália no Rio de Janeiro Paolo Miraglia Del Giudice em seu discurso na abertura do evento.

O governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PL), que tinha presença confirmada no evento, precisou cancelar sua participação ao vivo, mas gravou um vídeo falando sobre a importância da iniciativa do Consulado. Em sua mensagem, ele antecipou o anúncio de uma parceria com as três empresas italianas citadas pelo cônsul com o objetivo de desenvolver projetos de cidades inteligentes no estado.

Castro afirmou que o governo está “em constante diálogo” com as três empresas, que são líderes mundiais nas áreas de inovação e tecnologia, e que a parceria com elas está prestes a ganhar um novo estágio.

“Instruí meu secretário de Ciência e Tecnologia, Dr. Serginho, a elaborar um protocolo de intenções visando estabelecer uma parceria concreta e duradoura com essas três empresas. O objetivo será oferecer soluções em conjunto para modelos de cidades integradas e sustentáveis no estado do Rio de Janeiro”, declarou o governador.

O governador fluminense classificou o evento promovido pelo consulado como “extremamente importante para debatermos o futuro que queremos para as nossas cidades”. O futuro desejado, enfatizou Castro, deve ser “sustentável, que utilize a tecnologia e a inovação em prol da mobilidade urbana, da segurança pública, da gestão da água e da captação do esgoto”. 

Em junho deste ano, Enel, Tim e Leonardo assinaram, na Embaixada da Itália em Brasília, um memorando de entendimento para oferecer soluções conjuntas para um modelo de cidades inteligentes, seguras e resilientes. Trata-se de um acordo de intenções para, em conjunto, oferecerem ao Brasil soluções integradas e sob medida para a construção de cidades inteligentes no país que abordem todo o ciclo de vida do projeto.

Pelo acordo, cada empresa desenvolverá e fornecerá capacidades fundamentais no âmbito de projetos comuns no campo de transporte, conectividade, transformação digital e energia, oferecendo soluções conjuntas para uma cidade conectada.

Parceria com a prefeitura de Milão

Já o prefeito do Rio, Eduardo Paes (PSD), presente no evento, adiantou o anúncio de uma parceria firmada com a prefeitura de Milão em um projeto de desenvolvimento urbano na região Central do Rio.

“Estamos desenhando em conjunto um importante projeto de intervenção urbana em uma região de relevância histórica para a cidade, a Vila Operária no Bairro da Cidade Nova, muito perto da prefeitura, com uma proposta de intervenção que contempla ações habitacionais, ambientais e sociais”, disse Paes.

Detalhes sobre o projeto em parceria com a prefeitura de Milão serão apresentados nesta quinta-feira (9/9), segundo dia do Encontro R2B Itália-Rio durante o painel Ecossistemas urbanos de inovação para o desenvolvimento urbano sustentável. Na ocasião, serão abordadas as experiências de cooperação entre Milão e Rio como vetor de inovação para estimular cidades mais sustentáveis e inclusivas.

O prefeito de Milão, Giuseppe Sala, é uma das autoridades com presença confirmada no evento nesta quinta-feira, segundo dia de debates. Também participam o cônsul-geral da Itália no Rio, Paolo Miraglia Del Giudice, o adido científico na Embaixada Italiana, Fabio Naro, o secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação Dr. Serginho e o secretário municipal de Meio Ambiente Eduardo Cavalieri.

‘Enorme potencial bilateral’ Itália-Rio

Na abertura do R2B Itália-Rio, o embaixador da Itália no Brasil Francesco Azzarello se disse “particularmente satisfeito” com a cooperação estabelecida entre Rio e Milão. Ele classificou ambas as cidades como “líderes no setor de desenvolvimento urbano sustentável” e destacou que a parceria entre elas visa fortalecer a colaboração entre os municípios brasileiros e italianos.

Ao destacar a aliança entre Brasil e Itália para o desenvolvimento de cidades inteligentes, o embaixador enfatizou a expectativa do governador do Rio de Janeiro Cláudio Castro à Itália, prevista para outubro. Ele enfatizou o potencial dessa união.

“Olhamos com particular interesse para a missão do governador Castro na Itália pelo enorme potencial bilateral, bem como as importantes celebrações do 90º aniversário do Cristo Redentor e para as iniciativas que testemunharão os profundos e, sobretudo, concretos laços que unem nossos dois países”, declarou o embaixador.

Em outubro, o Consulado-Geral da Itália no RJ vai promover uma série de celebrações pelo aniversário de 90 anos do Cristo Redentor, que contou com a participação da Itália no dia da inauguração, em 12 de outubro de 1931. Na ocasião, o monumento instalado que viria a se tornar uma das sete maravilhas do mundo moderno teve sua iluminação acionada diretamente de Roma, na Itália, a 9,2 mil km do Rio, pelo inventor italiano Guglielmo Marconi, pioneiro da rádio de ondas curtas.

Azzarello reiterou que o tema cidades inteligentes está na agenda da presidência italiana no G20 – fórum internacional que reúne as principais economias do mundo, da qual o Brasil é membro titular. Diante disso, parabenizou o cônsul-geral no Rio de Janeiro, Paolo Miraglia pela organização do R2B Itália-Rio, ressaltando que ele “se destacou nos últimos anos pela sua atuação” na articulação da parceria entre os dois países para o desenvolvimento de projetos de urbanização sustentável.

Também presente no evento e representando o governo federal, a coordenadora-Geral de Transformação Digital, do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, Eliana Cardoso Emediato de Azambuja, também parabenizou o consulado-geral da Itália no Rio pela iniciativa e destacou a agenda brasileira em curso rumo ao desenvolvimento de cidades inteligentes no país.

“A grande atividade que lançamos foi a Carta Brasileira de Cidades Inteligentes, documento feito a várias mãos, com participação de mais de 100 pessoas de diversos setores do país, que lista a agenda que uma cidade deve seguir para se tornar uma cidade inteligente”, disse Eliana.


R2B Itália-Rio

Nesta quinta-feira (9), o 2º Encontro R2B Itália-Rio chega ao fim. Para encerrar os debates iniciados na véspera, acontecerá o painel Ecossistemas urbanos de inovação para o desenvolvimento urbano sustentável. Nele será apresentada a parceria entre as prefeituras do Rio e de Milão na área.

SERVIÇO
O QUÊ: II Encontro R2B 2021 – Desenvolvimento de projetos de Cidades do Futuro no Brasil
QUANDO: 8 e 9 de setembro de 2021
ONDE: com transmissão online pela internet (plataformas Zoom e YouTube)
INVESTIMENTO: gratuita
INSCRIÇÕES: até dia 8 de setembro no site https://evento.fgv.br/encontror2b2021/

PROGRAMAÇÃO:
Dia 2 – quinta-feira, 9 de setembro 
10:00 – 10:20 – Abertura
·         Paolo Miraglia Del Giudice , Cônsul-Geral, Consulado Geral da Itália no Rio de Janeiro
·         Fabio Naro , Adido Científico, Embaixada da Itália no Brasil
·         Dr. Serginho , Secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Governo do Estado do Rio de Janeiro
·         Eduardo Cavalieri, Secretário Municipal de Meio Ambiente da Prefeitura do Rio de Janeiro

10:30 – 11:15 – Painel: Ecossistemas urbanos de inovação para o desenvolvimento urbano sustentável. Experiências das Cidades de Milão e do Rio de Janeiro e oportunidades de colaboração bilateral no modelo cidade a cidade
As cidades são polos onde se concentram diversos stakeholders (acadêmicos, empresariais e governamentais), cuja colaboração é fundamental para a geração e difusão da inovação. Nesse sentido, um elemento crucial da Cidade Inteligente Sustentável é a criação de ecossistemas de inovação para gerar soluções inovadoras para a cidade. O painel abordará as experiências de Milão e Rio de Janeiro e a cooperação entre as cidades como vetor de inovação para estimular cidades mais sustentáveis e inclusivas.
· Silvia La Ferla , Chefe da Unidade de Relações e Cooperação da Cidade, Gabinete do Prefeito de Milão, Cidade de Milão, Itália
· Bruno Santos de Oliveira, Chefe da Coordenação Geral de Relações Internacionais e Cooperação da Cidade do Rio de Janeiro
· Andrea Aliscioni , Diretora de Serviços de Água, MM SpA
· Alexandre Cardeman, vice-presidente executivo do Centro de Operações do Rio
· Moderador: Marco Contardi , coordenador de projetos infraestrutura e desenvolvimento sustentável, Cidades Inteligentes e sustentabilidade, Fundação Getúlio Vargas (FGV Europa)
· Q&A

11:15: Encerramento

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui