GPSApresentei à Câmara dos Vereadores projeto de lei que, caso aprovado, obriga as empresas concessionárias a instalarem aparelhos de Sistema de Posicionamento Global (GPS) em todos os veículos operados por concessionárias de serviços de transportes rodoviários no município do Rio de Janeiro. Além disso, elas serão obrigadas a disponibilizar, em tempo real, as informações relativas à localização de cada veículo da sua frota, identificando a linha em que este opera no momento e a visualização de todos os que circulam em cada linha.

Estes equipamentos portáteis têm revolucionado a forma como os cidadãos monitoram o trânsito e programam os seus deslocamentos. É fundamental que as empresas de transporte utilizem modernas ferramentas tecnológicas para garantir melhor gerenciamento de sua frota e, consequentemente, planejarem ações que tragam mais conforto e segurança aos usuários dos seus serviços, bem como facilitar a fiscalização dos contratos de concessão firmados com a Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro.

Tenho estudado e apresentado propostas para a melhoria dos serviços de transporte na cidade. Dentre estas estão a implantação de um programa de levantamento de dados sobre mobilidade urbana, que permita mais transparência e divulgação de indicadores por bairros/região da cidade, a exigência da divulgação completa, via meios de comunicação de massa, de todas as linhas de ônibus por bairro, a criação de um Comitê Municipal de Transportes e a instalação de bicicletários em todas as áreas onde haja outros meios de transporte, como estações de metrô, terminais rodoviários e em pontos de ônibus estratégicos.

Para uma análise mais adequada da mobilidade urbana, é necessária a realização periódica de pesquisas de origem e destino. São essas pesquisas que fornecem dados sobre o tempo gasto nos deslocamentos urbanos, quantidade de deslocamentos diários, entre outros.

29 anos, advogado, é o mais jovem eleito para a Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro, na qual é membro da Comissão Permanente de Justiça e Redação. Presidiu a Atlética de Direito, o Centro Acadêmico de Direito e o Diretório Central dos Estudantes (DCE) da PUC. Foi um dos criadores do Movimento Ficha Limpa e, atualmente, preside a Juventude Progressista. É pós-graduado em Direito Fiscal pela PUC-Rio e cursa pós-graduação em Administração Pública na FGV e Gerência e Gestão de Projetos na UFRJ.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui