Greve dos Professores do Rio de Janeiro retornaOs professores da rede municipal do Rio de Janeiro decidiu hoje continuar a greve por tempo indeterminado. A greve começou dia 8 de agosto, foi suspensa em 10 de setembro, e agora volta.

Os professores consideram insatisfatória a proposta de plano de carreira apresentada pelo prefeito Eduardo Paes para a Câmara de Vereadores, já que o mesmo não atende às nossas principais reivindicações, contidas no plano de carreira elaborado pela categoria em conjunto com o sindicato.

É triste ver o total desinteresse que o prefeito Eduardo Paes tem pela educação no Rio de Janeiro. Tem de ser incutida na mente dele, e da maioria dos governantes do Brasil, que professor não é despesa, é investimento.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui