Foto: Divulgação/Museu do Amanhã

Em resposta à matéria publicada na última terça-feira (30/07) aqui no DIÁRIO DO RIO referente ao possível cancelamento do contrato de gestão do Museu do Amanhã por parte da Prefeitura, por conta de suposto favorecimento à Fundação Roberto Marinho (FRM), o Grupo Globo, por meio de nota oficial enviada a nós, além de dizer que ”repudia com veemência as declarações de Marcelo Crivella e que os contratos assinados pela FRM com o município do Rio de Janeiro estão em perfeita conformidade com a legislação aplicável”, diz que o prefeito ”mente e manipula fatos para esconder as graves denúncias que atingem a sua gestão”.



Siga nossas redes e assine nossa newsletter, de graça

Jornalismo sério, voltado ao Rio de Janeiro. Com sua redação e colunistas, o DIÁRIO DO RIO trabalha para sempre levar o melhor conteúdo para os leitores do site, espectadores dos nossos programas audiovisuais e ouvintes dos nossos podcasts. O jornal 100% carioca faz a diferença.


Siga nossas redes e assine nossa newsletter, de graça

Jornalismo sério, voltado ao Rio de Janeiro. Com sua redação e colunistas, o DIÁRIO DO RIO trabalha para sempre levar o melhor conteúdo para os leitores do site, espectadores dos nossos programas audiovisuais e ouvintes dos nossos podcasts. O jornal 100% carioca faz a diferença.

Confira, na íntegra, a nota oficial do Grupo Globo:

O atual prefeito do Rio, mais uma vez, mente e manipula fatos para esconder as graves denúncias que atingem a sua gestão. A tentativa do prefeito de equiparar a Fundação Roberto Marinho ao pacote de verbas que a sua administração na Prefeitura aprova sem licitação, é, no mínimo, irresponsável.

O Grupo Globo repudia com veemência as declarações do prefeito e reafirma que os contratos assinados pela Fundação Roberto Marinho com o município do Rio de Janeiro estão em perfeita conformidade com a legislação aplicável, em especial a Lei 8.666/1993. Passaram por todos os estágios de aprovação necessários e foram executados dentro dos princípios da transparência, moralidade, legalidade e eficiência. Todas as ações da Fundação Roberto Marinho podem ser acompanhadas por qualquer cidadão pelo site.

Vale destacar ainda que a Fundação Roberto Marinho é permanentemente fiscalizada pelo Ministério Público, sendo uma instituição sem fins lucrativos, que há quase meio século dedica sua expertise única no país exclusivamente a projetos de interesse público, inclusive na área museológica. Foi responsável pela criação e implementação de alguns dos museus mais visitados do Brasil, entre eles o Museu do Amanhã e o Museu de Arte do Rio.

Esses ataques inconsequentes do atual Prefeito do Rio reforçam a necessidade de uma imprensa atenta e vigilante, que leve ao cidadão carioca a real situação de sua cidade, trabalho que o jornalismo do Grupo Globo tem feito e continuará a fazer, independentemente das retaliações do prefeito.

Sorte teria o cidadão carioca se a criatividade e a competência que o prefeito demonstra para inventar denúncias pudessem ser aplicadas à sua gestão.

3 COMENTÁRIOS

  1. E por acaso algum ladrão vai duzer que roubou ?? Tenho que concordar com o Andre Sanchez : “Globo é tudo gangster!!”. Haja vista a compra da Copa 2002 feita em paraíso fiscdl pra não pagar impostos e ainda uma ex-servidora públjca sumiu com o processo dentro do tribunal. Globo é câncer que deve ser estirpado.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui