Grupo Mateiros leva cariocas e turistas para destinos menos conhecidos do Rio

Que o Rio de Janeiro é lindo, todos já sabemos. Mas se você perguntar aos cariocas sobre o Mirante da Freira, a Cachoeira Diamantina, ou também se já ouviu falar na travessia Pau da Fome, muitos irão dizer que desconhecem. Essa é a proposta da agencia Rio Ecoesporte com o grupo Mateiros, fazer com que os cariocas conheçam ainda mais sua cidade. Todos os domingos o grupo realiza trilhas nas florestas e praias do Rio. O trabalho funciona com retribuição voluntária, trazendo oportunidade para que todos aqueles que desejam conhecer lugares diferentes possam participar.

O verão continua na área e o clima de férias ainda não saiu da alma carioca, então, para fugir dos pontos turísticos tradicionais do Rio de Janeiro, o domingo, 03 já começa com a trilha para o Alto da Boa Vista até a Mesa do Imperador. Nesta trilha o público estará conectado com lindas paisagens da Trilha Transcarioca. Em diversos pontos é possível avistar a Zona Sul praticamente toda, No ponto mais alto da trilha, um mirante possibilita a vista do Morro Dois Irmãos, o segundo mirante, se vê o maciço da Serra da Carioca. Estando lá em cima, o passeio merece alguns minutos a mais para a contemplação da vista da Zona Sul da cidade, com o Cristo Redentor à esquerda, a Lagoa Rodrigo de Freitas no meio e o mar à direita. Em dias de céu azul, ainda se pode ver as praias do litoral de Niterói, do outro lado da baía de Guanabara.

Já ouviu falar no Mirante da Freira? No domingo, 10, os Mateiros irão ao Mirante da Freira. Esta trilha é leve e tem um panorama da Pedra da Gávea sem igual, além da Pedra Bonita, Morro do Chapecó, Agulhinha da Gávea, Morro do Cochrane, Praia da Barra, Praia do Recreio, Lagoa de Marapendi, Pedra do Pontal e até o Morro de Guaratiba (Pedra do Telégrafo) nos dias mais limpos do horto. Este destino é outro que tem uma vista completamente linda. Ao final os visitantes poderão aproveitar para se deliciar em um bom banho na cachoeira da Diamantina.

O domingo, 17, será a vez da travessia Pau da Fome X Camorim. Essa é uma das mais belas travessias do Parque Estadual da Pedra Branca. O grupo passará pelo Açude do Camorim e por sua belíssima cachoeira totalizando cerca de 15km de trilha. Situada a 735 metros de altitude a Pedra do Quilombo, é acessada por uma bonita trilha de 5,5 km que corta o Parque Estadual da Pedra Branca, maior floresta urbana do mundo. Do seu cume dá para contemplar a Zona Oeste da cidade em uma incrível tela panorâmica: é possível apreciar grande parte do Maciço da Pedra da Branca e também do Maciço da Tijuca, que inclui a Pedra da Gávea e o Pico da Tijuca, entre muitos outros.

O ultimo domingo, 24, os Mateiros retornam ao Parque Estadual da Pedra Branca para conhecer um pouco mais da travessia Pau da Fome, só que agora, seguem até Rio da Prata. Essa é uma bela travessia de cerca de 13 Km que interliga duas extremidades do Parque da Pedra Branca: a sub sede do Rio da Prata e a do Pau da Fome numa caminhada muito longa, mas, de nível pesado, ideal para esportistas, ou interessados em travessias. A trilha começa na Taquara, no Pau da Fome, mas o ponto alto do passeio fica por conta do magnífico mirante do Alto do Mangalarga, que fica no ponto mais alto desta caminhada.

O guia desta expedição, Marcelo Bueno, conta que o projeto visa não só fazer com que cariocas e visitantes conheçam todos os cantinhos da cidade, como possam se apaixonar pela prática do ecoturismo, explorando as mais variadas trilhas e travessias do Rio de Janeiro.

“Nossa cidade é muito linda e merece ser explorada e contemplada. Com as nossas constantes visitas por amantes da natureza aos parques, podemos evitar a degradação do ambiente contribuindo com sua melhoria. Nosso desejo é que a cada passeio, as pessoas possam criar uma cultura de praticar esportes na natureza, ganhando assim, condicionamento físico para participar de travessias, que exigem esforço físico maior”, conta.



Destino: Trilha Alto da Boa Vista x Mesa do Imperador
Data: 03 de fevereiro – domingo
Horário: 7h30
Nível: Semipesada
Ponto de encontro: Praça Afonso Viseu
Agendamento prévio via telefone
Valor: Retribuição voluntária

Destino: Alto da Boa Vista x Mirante da Freira x Cachoeira Diamantina
Data: 10 de fevereiro
Horário: 7h30
Nível: Leve
Ponto de encontro: Praça Afonso Viseu
Agendamento prévio via telefone
Valor: Retribuição voluntária

Destino: Travessia Pau da Fome x Camorim
Data: 17 de fevereiro
Horário: 7h30 | 8h
Nível: Moderado
Ponto de encontro: Brt Taquara | na porta do Parque Estadual da Pedra Branca (núcleo pau da fome).
Agendamento prévio via telefone
Valor: Retribuição voluntária

Destino: Travessia Pau da Fome x Rio da Prata
Data: 24 de fevereiro
Horário: 7h30 | 8h
Nível: Pesada
Ponto de encontro: Brt Taquara | na porta do Parque Estadual da Pedra Branca (núcleo pau da fome).
Agendamento prévio via telefone
Valor: Retribuição voluntária

Rio Ecoesporte – Informações – Pelo Tel / WhatsApp – (21) 97458-5402

3 COMENTÁRIOS

  1. Olha não é bem assim não (contribuição voluntária) vi uma postagem igual a essa da outra vez e achei legal e tal, no dia da trilha tinha que pagar R$ 70,00 reais por pessoa e preencher um formulário com praticamente todos os seus dados. Acabei discordando dos valores e não aceitei. A ideia é boa sim, só que precisa ser mais bem esclarecida para não criar uma situação ruim para ambas as partes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here