O Grupamento de Ações Extraordinárias (Gaex) da Guarda Portuária apreendeu, na última quinta-feira (25), uma carga de 23 kg de cocaína durante a escolta de um navio mercante que saía do Porto do Rio de Janeiro e que tinha como destino o Porto de Salvador.  

Enquanto faziam a escolta de um navio conteineiro, a equipe do Gaex percebeu que uma lancha navegava a frente do navio e estava diminuindo a velocidade. Ao acionarem o giroflex e a sirene, os dois ocupantes da lancha jogaram duas malas no mar na Baía de Guanabara e fugiram em alta velocidade. Após escoltarem o navio até a boia de águas seguras, a Guarda Portuária retornou ao ponto de abordagem para reaver as malas que foram apresentadas à Polícia Federal.  

De acordo com superintendente da Guarda Portuária da Companhia Docas do Rio de Janeiro, José Tadeu Diniz Paixão, a ação de escolta é de vital importância para a operação do Porto do Rio de Janeiro e faz parte do ramp up, que visa assegurar a entrada e saída navios mercantes no período noturno pelo canal de Cotunduba.

O diretor-presidente da CDRJ, Francisco Antonio de Magalhães Laranjeira, agradeceu o empenho da equipe em garantir a segurança dos navios e das instalações portuárias, combatendo as ações criminosas e destacou que o objetivo é aumentar, cada vez mais, a segurança nos portos da CDRJ.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui