O bispo Marcelo Crivella (Republicanos) quer de qualquer jeito ter o presidente Jair Bolsonaro, nem que seja virtualmente. De acordo com a jornalista Berenice Seara/Extra, Crivella planeja colocar seu secretário de Ordem Pública, Gutemberg Fonseca, como seu candidato a vice-prefeito em 2020.



Siga nossas redes e assine nossa newsletter, de graça

Jornalismo sério, voltado ao Rio de Janeiro. Com sua redação e colunistas, o DIÁRIO DO RIO trabalha para sempre levar o melhor conteúdo para os leitores do site, espectadores dos nossos programas audiovisuais e ouvintes dos nossos podcasts. O jornal 100% carioca faz a diferença.

Diz Berenice que na noite de segunda, uma reunião entre a turma do alcaide e representantes da primeira família começou a traçar o caminho da campanha à reeleição — incluindo Gutemberg nos planos. Muito ligado aos Bolsonaro, o moço tem a função de fazer a ponte, ainda que virtual.

Resta saber se um secretário de Ordem Pública, em uma cidade lotada de camelôs e completamente abandonada chega a ser uma boa ideia como vice. Além disso, Fonseca afastaria outros partidos da chapa de Crivella, o PP pretende lançar Marcelo Queiroz como e Altineu Côrtes quer indicar um nome do PL, que podem acabar caindo nos braços de Eduardo Paes (DEM).

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui