No dia do teste oficial da iluminação do Estádio Olímpico João Havelange, 13 de junho, o homem que deu nome ao gigante do Engenho de Dentro se emocionou. A obra, que é maior desta natureza já realizada na cidade nos últimos 50 anos, deve entrar para a história do esporte brasileiro, seguindo assim o mesmo destino do atual presidente de honra da FIFA. No dia seguinte, Havelange escreveu uma carta ao prefeito Cesar Maia, agradecendo a homenagem.

Segundo ele, a imagem do estádio iluminado o fez chorar. E o fato de dar o nome àquela instalação jamais será esquecido. “Anos decorrerão e, enquanto vida tiver, nunca deixarei de lembrar desse momento que tanto me emocionou e que ficará eternamente como um elo de união entre nós.” Havelange encerra a carta como membro do Comité Internationale Olympique e do Comitê Olímpico Brasileiro (COB). Nesta condição, agradece ao prefeito pela sua dedicação à realização e êxito dos Jogos Pan-americanos .

“Rio de Janeiro, 14 de junho de 2007

Meu caro amigo prefeito Cesar Maia,

Me permito dizer-lhe, meu caro prefeito, que ontem ao assistir pela TV a apresentação do estádio que leva o meu nome todo iluminado, aquela imagem levou-me às lágrimas e o pensamento voltou-se para o meu caro amigo responsável por esse sentimento que estou vivendo. Demonstrando, assim, não somente a amizade que me oferece, mas também a homenagem que jamais esquecerei: a de haver dado o meu nome em tão importante praça de esporte.

Meu caro prefeito e amigo Cesar Maia, anos decorrerão e, enquanto vida tiver, nunca deixarei de lembrar desse momento que tanto me emocionou e que ficará eternamente como um elo de união entre nós.

Aproveito, como membro do Comité Internationale Olympique e do Comitê Olímpico Brasileiro, para agradecer por toda a sua dedicação à realização e êxito dos XV Jogos Pan-americanos, que irão se realizar em nossa cidade do Rio de Janeiro e sob sua égide.

Obrigado com grande carinho, respeito e admiração,

João Havelange.”

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui