A Região da Chatuba, em Mesquita, é uma das mais pobres do Estado, e segue sem água.

Neste momento em que todos estão preocupados em lavar as mãos a todo o momento, evitar usar de novo sem lavar roupas utilizadas para sair de casa, e a fazer todo o tipo de higiene extra, os municípios de Mesquita e São João de Meriti lutam contra um inimigo antigo: a falta de água.

Na cidade de Mesquita, a vizinhança da Chatuba está sem fornecimento de água desde o dia primeiro. Segundo o Jornal O Dia, o problema acontece nas ruas Carolina, Lúcia, Abel de Alvarenga, Coronel França Leite, Tonelero, Júlio Macedo, Adolfo Albuquerque, Aquidauana, Batista das Neves e Icaraí. Em Edson Passos – onde fica localizado estádio do America do Rio, a falta de água se estende desde uma semana atrás, nas ruas Projetada e Magno de Carvalho.

São João de Meriti passa pela mesma ordália. Nas ruas Promotor Artur Itabaiana e Mirza Abraham, no Centro, Indiana e Professor Alcebíades Monteiro, em Jardim Meriti, Cobalto e Cristal, em Coelho da Rocha, e Chaves Pinheiro, em Parque Araruama, simplesmente não sai nada das torneiras.

Mesquita e São João de Meriti tem alguns dos mais baixos IDH do estado do Rio de Janeiro, e sofrem com problemas de saneamento básico e favelização. Seus moradores lutam para conseguir cumprir algum tipo de isolamento social, e, sem água, tudo fica mais difícil.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui