Localizada no bairro de Vila Isabel, a Basílica Nossa Senhora de Lourdes, chama a atenção pela beleza. Importante para a história do bairro, a Basílica tem um passado repleto de memórias, como todo bom templo religioso erguido em épocas passadas.

Em agosto de 1900, a capela de Nossa Senhora da Conceição de Lourdes foi desmembrada da paróquia São Francisco Xavier. Então, foi criada a freguesia de Vila Isabel por ato do Arcebispo Cardeal Dom Joaquim Arcoverde de Albuquerque Cavalcanti.

[iframe width=”100%” height=”90″ src=”https://diariodorio.com/wp-content/uploads/2015/05/superbanner_66anos.swf-3.html”]
Com mais de meio século de tradição no mercado imobiliário da Cidade do Rio de Janeiro, a Sérgio Castro Imóveis exalta locais que visam a valorização da cultura e história da Cidade Maravilhosa.

Dois anos mais tarde, no dia 15 de fevereiro de 1902, foi realizada a filiação da Confraria de Nossa Senhora de Lourdes à Arquiconfraria de Nossa Senhora de Lourdes, que ficava na França. Com os anos, a Igreja Nossa Senhora de Lourdes passou a se localizar Praça 07 de Março, hoje Praça Barão de Drummond, acompanhando as mudanças no bairro de Vila Isabel.

Alguns anos depois, o templo religioso se mudou para um terreno na Avenida 28 de Setembro, a principal via do bairro.

“Em 1914 foi lançada a Pedra Fundamental pelo Cardeal Dom Joaquim Arcoverde de Albuquerque Cavalcanti. Ali nasceria uma das mais belas igrejas da cidade do Rio de Janeiro”, conta o historiador Maurício Santos.

Alguns anos depois, no dia 23 de maio de 1959, a Matriz recebeu o título de Basílica Menor, concedido pelo Papa João XXIII.

Durante os anos 1990, a Igreja foi tombada. O decreto foi publicado no dia seis de setembro daquele mesmo ano.

Atualmente, a Basílica Nossa Senhora de Lourdes encanta quem mora ou quem passa pelo bairro de Vila Isabel, uma das regiões mais movimentadas da cidade do Rio de Janeiro.

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui