História da Camélia Flores, no Centro do Rio

Famosa pela qualidade e variedade, a Camélia Flores funciona há mais de cem anos no Mercado das Flores

Foto: Rafa Pereira, Diário do Rio.

Um dos muitos estabelecimentos históricos do Centro do Rio, a Camélia Flores está a mais de 100 anos em funcionamento, vendendo flores. Além do período de existência, a loja também guarda uma história muito rica, que começa desde o seu nome.

A Camélia era a flor que simbolizava a abolição da escravidão no Brasil e todos abolicionistas usavam uma Camélia na lapela do paletó ou tinham um pé de Camélias plantado na porta de casa. A própria princesa Isabel, no dia 13 de maio de 1888, quando assinou a Lei Áurea, recebeu um lindo buquê de Camélias como símbolo máximo deste dia. E foi daí que veio o nome da tradicional floricultura.

O mercado das flores nasceu em 1904 e foi fundado por ex-abolicionistas, na praça Olavo Bilac. Poucos anos mais tarde, em 1908, um desses fundadores abriu no box 8 a Camélia Flores.

SERGIO CASTRO - A EMPRESA QUE RESOLVE, desde 1949
Com mais de meio século de tradição no mercado imobiliário do Rio de Janeiro, a Sergio Castro Imóveis – a empresa que resolve contribui para a valorização da cultura carioca

O atual proprietário da loja, muito conhecido como Alvinho, afirma que é uma honra e uma responsabilidade muito grande dar continuidade a Camélia Flores: “já sou a terceira geração da minha família“.

Comecei a trabalhar na Camélia Flores bem jovem, aos 15 anos. Saía da escola e já ia para lá. E desde esse tempo, já fui aprendendo com meu pai como era importante nosso papel junto a nossa cidade“, afirmou.

A floricultura possui uma ação social também, dando flores em momentos tristes e felizes para a sociedade: “hoje, estou com 40 anos e 25 anos de Camélia Flores. Sempre fomos colaborativos e parceiros de todas as instituições, tanto nos momentos tristes (doando coroas de flores para nossa PM), quanto em momentos de alegria, doando flores para festas de 15 anos para as meninas da comunidade, doando buquês de flores para os mais diferente setores da cultura da nossa cidade, fazendo parcerias com a Rio Tur nos principais eventos da cidade todos os anos (Carnaval, Réveillon, Rock in Rio)… sempre fizemos uma via de mão dupla com a nossa cidade e nosso estado“, disse Alvinho.

Foto: Rafa Pereira

Durante a pandemia, um período tão difícil, a Camélia Flores não parou. Já adeptos às vendas online, a loja vendeu bem e conseguiu se manter: “não paramos nenhum dia, pois a venda on-line é o nosso forte!“.

Camélia Flores
Rua do Rosário, 164, Centro

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui