Um dos mais belos centros culturais da cidade do Rio de Janeiro, a Casa Rui Barbosa tem sua história desde o nascimento ligada ao político, advogado e jurista que a batiza.

A Casa começou a ser construída em 1849, para o seu primeiro proprietário, o Barão da Lagoa. No mesmo ano em que nasceu Rui Barbosa, seu último e mais famoso morador.

[iframe width=”100%” height=”90″ src=”https://diariodorio.com/wp-content/uploads/2015/05/superbanner_66anos.swf-3.html”]
Com mais de meio século de tradição no mercado imobiliário do Rio de Janeiro, a Sergio Castro Imóveis contribui para a valorização da cultura carioca

Além do Barão da Lagoa, a Casa passou por três proprietários, sendo dois Portugueses e um Inglês, de quem Rui Barbosa comprou a Casa.

Rui Barbosa adquiriu a casa em 1893, mudando-se para a mesma dois anos depois, após voltar de um exílio em Londres. Nesta casa Rui Barbosa passou os últimos 28 anos de sua vida.

“Uma residência requintada, com cômodos ricamente decorados e imensos jardins formam uma atração à parte. Na garagem e cocheira da casa, estão expostos carros e carruagens usados pelo jurista e político brasileiro”, destaca o portal de pesquisa Rio de Janeiro Aqui.

Após A morte de Rui Barbosa em 1923, a Casa foi adquirida pelo governo federal, tendo se tornado a primeira Casa Museu do Brasil, inaugurada em 1930 e funcionando até hoje em dia.

Com mais de meio século de tradição no mercado imobiliário do Rio de Janeiro, a Sergio Castro Imóveis sempre contribuiu para a valorização da cultura carioca

 

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui