Uma praia com nome marcante e que ficava onde hoje é uma das mais belas e visitadas regiões turísticas do Rio. A Praia da Saudade ficou no passado. Só resta lembrar.

A Praia da Saudade ficava na entrada do bairro da Urca, Zona Sul do Rio de Janeiro. Não há registro histórico preciso sobre o motivo do nome, mas a versão aceita é ligada a uma colônia de pescadores locais.

SERGIO CASTRO - A EMPRESA QUE RESOLVE, desde 1949
Com mais de meio século de tradição no mercado imobiliário do Rio de Janeiro, a Sergio Castro Imóveis – a empresa que resolve contribui para a valorização da cultura carioca

“Da Praia, as pessoas ficavam olhando os navios e barcos seguirem mar adentro, muitas vezes levando gente querida”, destaca o pesquisador Álvaro Ventura.

Em 1850, com a inauguração do Hospício Pedro II, deu-se o início a urbanização dos arredores da Praia da Saudade. Existia por lá também um cemitério, que foi transferido para o São João Batista, pois as ressacas do mar destruíam as tumbas.

Já no século XX, a Praia da Saudade passou a ser frequentada por banhistas e a servir de palco para competições de regatas, já que a Praia Vermelha era inacessível à população por conta da existência do prédio da Escola Militar entre as pedras da Urca e da Babilônia.

No ano de 1908, por conta da Exposição Nacional Comemorativa do 1º Centenário da Abertura dos Portos do Brasil, construíram-se vários pavilhões em alvenaria para abrigar as festividades. Foi quando também ocorreu o primeiro aterramento da Praia da Saudade, sendo construída um parapeito de pedra ao longo da avenida à beira-mar, batizada com o nome de Avenida Pasteur.

Iate Clube

Anos depois, em 1930, a Praia da Saudade foi totalmente aterrada para a construção do Iate Clube do Rio de Janeiro. As lembranças ficaram.

3 COMENTÁRIOS

  1. A Praia da Saudade talvez tivesse recebido esse nome por causa do cemitério que lá havia. Após 1855 o Cemitério Praia da Saudade foi destruído por uma ressaca e seus túmulos transferidos para o recém inaugurado São João Batista. Dentre estes estava o de Álvares de Azevedo, grande poeta Brasileiro. Na minha opinião seria pouco provável que o nome Saudade fosse proveniente das pessoas verem seguir ao mar seus entes queridos, pois o porto se situava nos entornos da Praça XV, e de Botafogo mal se via os grandes navios seguirem pelo canal mar afora.
    “Beijarei a verdade santa e nua,
    Verei cristalizar-se o sonho amigo…
    Ó minha virgem dos errantes sonhos,
    Filha do céu, eu vou amar contigo!”
    Azevedo, Lembrança de Morrer

  2. Um crime aterrarem um bem público (uma praia) para fazerem um bem privado (Iate Clube). Os cariocas nunca tiveram acesso à própria cidade. E sem falar no dano ambiental. CRIMINOSO.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui