Homem em patinete elétrico foi atropelado no centro do Rio

Foto: Reprodução TV Globo

Na tarde desta quinta-feira, 16/05, um homem, que pilotava um patinete elétrico, foi atropelado por um táxi na Rua Evaristo da Veiga, no centro da cidade do Rio de Janeiro.

O acidente aconteceu por volta das 16h. Ainda não se tem informações sobre o estado da vítima, que foi socorrida por bombeiros e membros da operação Centro Presente.

Nesta semana, publicamos um texto questionando sobre quando a prefeitura do Rio passará a tomar providências em relação ao uso do equipamento na cidade, que segue sem regra alguma. Diferentemente do que acontece em outras cidades, como São Paulo, que passou a obrigar o uso de capacete e proibir o trânsito dos veículos em calçadas.

<

O Diário do Rio também alertou sobre o número crescente de acidentes envolvendo os patinetes elétricos.

7 COMENTÁRIOS

  1. Mas o que o patinete ten q ver com Uber? Tem gente sem noção com tudo hein. Os dois lados não se respeitam, não respeitam o mínimo de regra e educação. Coisas de brasileiro

  2. É uma babaquice esse alarde por causa dos patinetes elétricos. Quando só proprietários usavam ninguém falava porra nenhuma com relação à regras e tal. Aí agora com essa ideia legal e uma meia dúzia de babacas sem noção andando e fazendo merda, estão querendo ferrar com o negócio.

  3. Capacete é ridículo. O que faltam são ciclovias europeias, educação europeia e punibilidade europeia para motoristas assassinos, já que o patinete é a única coisa que é igual ao europeu.
    Capacete para tapar todas essas brechas que eu mencionei é absolutamente ridículo! Em nenhum lugar do mundo isso é obrigatório, o que faltam são as outras coisas que mencionei, mas sendo o Brasil, vamos proibir a venda de colchões para acabar com o adultério…

  4. ORA BOLAS, A QUEM PERTENCE ESSES PATINETES, NÃO É MAIS UM MEIO DE MOBILIDADE URBANA DA UBER..
    E PORQUE EXIGIR QUE A PREFEITURA COLOQUE REGRAS NESSE TIPO DE MOBILIDADE E NÃO NO TRANSPORTE DE PASSAGEIROS INDIVIDUAIS VIA AUTOMÓVEIS QUE A UBER EXERCE NA MESMA CIDADE E NÃO TEM REGULAMENTAÇÃO NENHUMA SOBRE ELA, ISSO COM O APOIO DE PARTE DA POPULAÇÃO POIS HAVENDO REGRAS SOBRE ESSE TIPO DE TRANSPORTE, AS TARIFAS COBRADAS PELA UBER NÃO SERÃO AS MESMAS….
    JÁ DIZ O DITADO:
    “PIMENTA NOS OLHOS DOS OUTROS É REFRESCO”…..

  5. Não é só nas ruas não. Fui no shopping grande rio semana passada e tinha criança andando rapido dentro do shopping e ninguém fez nada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here