Os homicídios dolosos no estado do Rio de Janeiro caíram 11% no primeiro quadrimestre deste ano na comparação com o mesmo período de 2020. No total, 1.221 registros foram feitos, chegando ao menor valor para os meses desde 1991, quando se iniciou a série histórica do Instituto de Segurança Pública (ISP). O indicador também teve redução de 4% em abril de 2021 contra abril do ano passado. Este também foi o menor valor para o mês desde 1991.

O indicador crimes violentos letais intencionais, que agrega homicídios dolosos, lesão corporal seguida de morte e latrocínio, teve queda de 10% nos  quatro meses e de 3% em abril deste ano na comparação com 2020. Os dados são os mais baixos para o indicador desde 1999 tanto para o acumulado quanto para abril.

Em abril, 564 armas foram apreendidas em todo o estado, sendo 24 fuzis. Nos quatro primeiros meses do ano, 2.474 armas foram confiscadas, 160 delas, fuzis. Isso significa que, em média, um fuzil foi apreendido por dia em 2021 no estado.

2 COMENTÁRIOS

  1. O tal estudo diz

    “ Os homicídios dolosos no estado do Rio de Janeiro caíram 11% no primeiro quadrimestre deste ano na comparação com o mesmo período de 2020.”

    Ora… Em comparação com o mesmo período de 2020???

    Esse estudo comparativo é completamente malicioso pois pretende apresentar como acerto, melhoria dos indicadores, quando nada tem a ver com política de segurança pública, mas sim consequência da realidade nós dois momentos.

    O impacto do COVID-19 veio em meados do mês de março de 2020.
    Já no período de 2021 ainda estamos com medidas em vigor. Não voltamos à normalidade, ao cotidiano antes da pandemia.

    Logo, o recorte é mentiroso…

    Por que não pegam somente os dados do mês de abril dos dois anos – 2020 e 2021 – e comparem os dados exclusivamente destes meses em que medidas de prevenção ao contágio estão em vigor?

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui