Os vagões do Metrô destinados exclusivamente a mulheres poderão funcionar durante todo o dia. É o que prevê o Projeto de Lei da deputada Franciane Motta (MDB), que será votado em primeira discussão pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), nesta quarta-feira (11/12).

Atualmente, as composições só funcionam durante os horários de pico, de 6h às 9h e de 17h às 20h. Caso a medida seja aprovada, os vagões para mulheres continuarão funcionando apenas em dias de semana.

Após um período de adaptação social, entendemos estar consolidada a prática dos usuários de reservarem às passageiras a utilização de espaços exclusivos no metrô. Por isso, achamos adequado que a norma valha para todo o dia de forma ininterrupta”, justificou a autora.

Um outro projeto de lei, dessa vez da Deputada Enfermeira Rejane (PC do B) prevê que o início do tempo de funcionamento exclusivo para os vagões femininos dos trens e do metrô seja antecipado para as 5h.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui