Reprodução: Internet

O projeto Hortas Cariocas, uma iniciativa da Prefeitura do Rio deJaneiro, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente tem dado bons resultados em quase comunidades 20 comunidades da cidade, além de 23 escolas municipais.

A horta comunitária de Manguinhos, próxima à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) na Zona do Norte da cidade, foi criada, em 2013, pelo poder público municipal após a instalação da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) na região. A horta, que é a maior da América Latina, tem uma produção mensal de 2 toneladas de alimentos e emprega 21 moradores atualmente.  

Os primeiros trabalhadores da horta de Manguinhos foram selecionados pela associação de moradores local, em 2013, e alguns deles estão trabalhando no projeto até hoje. A horta foi instalada onde funcionava uma cracolândia. Desde então, onde acontecia a degradação humana através do uso de drogas, existe a reconstrução de trajetórias humanas através do cultivo de alimentos cultivados de forma sustentável.

A horta de Manguinhos produz alimentos, como quiabo, batata-doce, couve e hortaliças. Através do projeto, mais de 800 famílias são beneficiadas mensalmente, entre doações e comercialização dos alimentos.

O projeto Hortas Comunitárias proporcionou a reinserção social de pessoas que estavam desempregadas ou fora do mercado de trabalho há muito tempo. Os novos profissionais, agora voltados para a produção sustentável de alimentos, tiveram que aprender a lidar com a terra e como desenvolver produtos sem agrotóxicos.

Os alimentos produzidos na horta de Manguinhos são consumidos pelos produtores e familiares, doados a outros moradores e também vendidos a valores simbólicos na própria horta, em feiras e até na Ceasa. O lucro obtido é dividido entre os agricultores e complementa o valor das bolsas oferecidas pela Prefeitura para que as pessoas trabalhem no projeto.

A horta tem ainda um projeto voltado para crianças, que, nas férias e aos domingos, podem aprender sobre a importância de uma alimentação saudável, além de plantar e colher as verduras.

Os moradores que quiserem trabalhar na horta, devem procurar a casa do trabalhador, que fica nos fundos da Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Caso haja vaga, o candidato passa por um processo de seleção ou é encaminhado para outros institutos parceiros.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui