De acordo com o site Agenda do Poder, a Rede D´or vai apoiar a transformação do Hospital da Lagoa num centro de referência para tratamento de pacientes com covid-19. Pelo entendimento, a Ordem Terceira da Penitência, instituição filantrópica administradora do Hospital São Francisco, na Tijuca, assumiria a gestão da unidade, por seis meses, com apoio técnico e experiência dos profissionais da linha de frente da Rede D`or. A expectativa é de que se abram até 450 leitos no local.

O site continua, e diz que o governador Cláudio Castro (PSC), afirmou, na tarde desta terça-feira (23/3), em Brasília, que o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, já autorizou a transformação do Hospital da Lagoa, em regime de urgência, em unidade para pacientes com covid.

Nesta quarta-feira (24/3) equipes da Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro e do Ministério da Saúde fizeram vistorias no Hospital da Lagoa para avaliar a internação de pacientes na instituição de saúde. Operação deve ser concluída até a próxima sexta (26/3).

Enquanto isso, também nesta quarta, o deputado federal Dr. Luizinho (PP) apresentou projeto estimulando a doação de leitos particulares ao SUS por iniciativa privada, a exemplo do que a Rede D´or já faz. Pelo projeto, o valor gasto seria deduzido do imposto de renda.

7 COMENTÁRIOS

  1. Lembrar que todos os hospitais federais (30 anos atrás) já foram referência no Rio de Janeiro, em época que não tinha Sisreg, a pessoa ia direto. Nesses hospitais realizavam várias cirurgias, até de redução de mama (Hospital dos Servidores), enfim.

    É hora de realmente repensar o rumo destes hospitais no Rio de Janeiro, e isso pode ser o começo. Ficar discutindo Museu, Passado não leva a lugar nenhum. Olhar pra frente, aproveitar este novo Ministro que é médico e dar rumo às coisas. Se o governador interino Cláudio Castro tiver este entendimento vai levar pontos com isso. Na torcida, sem politicagem.

  2. Trabalho no SUS há 30 anos, e foi o Lula que reformou todos os hospitais federais do RJ, fez vários concursos e deu aumento, após o maior achatamento salarial da história. No fim da era FHC, o Lagoa, por exemplo, foi municipalizado, sucateado e destruído. Eu vivi toda esta história dentro destas instituições.

    • Saudades da época em que tínhamos um presidente, prezada Ana. Trabalhei anos no SUS e já fui diretor de vários hospitais. E ainda me sacrifiquei pelo povo Brasileiro e Fluminense pois sempre que precisei de auxilio médico, utilizei recursos do meu próprio bolso para ser atendido na rede particular e não sobrecarregar o SUS. Em breve teremos nosso Brasil bem comandado novamente e esse pesadelo irá passar. Força!

  3. SEMPRE FOI UM HOSPITAL DE REFERÊNCIA DO RIO,porém LULADRÃO E DILMANTA sucatearam todos os hospitais federais,desativando alas inteiras!!!
    O vagabundo bebum ainda disse q o SUS estava a beira da perfeição!!!Fdp ladrão!!

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui