O hospital municipal Ronaldo Gazolla, em Acari, na Zona Norte da cidade, tem mais de 90% das vagas ocupadas nas Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs). Referência no tratamento para a Covid-19, é ele que concentra a maioria dos leitos disponíveis para tratamento de pacientes vítimas de Coronavírus na capital.

Segundo um levantamento feito pelo Bom Dia Rio, da TV Globo, a rede municipal de Saúde do Rio tem, no momento, 170 leitos exclusivos para o Coronavírus. Destes, 150 são no Hospital Ronaldo Gazolla e, dentre eles, 137 já estão ocupados e somente 13 estão vagos.

A alta ocupação não acontece somente na rede municipal. Nas unidades da rede estadual existentes na capital, a ocupação das UTIs chega a 71%. Na rede federal, menos de 10% dos leitos existentes estão funcionando e estão todos ocupados.

Os hospitais de campanha, que estão sendo preparados, são justamente para suprir essa carência. Nesta segunda-feira, noticiamos aqui no DIÁRIO DO RIO sobre o início oficial das obras na sede modular de Nova Iguaçu.

Somando todos os hospitais de campanha que serão erguidos no estado, o Rio ganhará mais 1.800 leitos para tratar pessoas com Covid-19.

2 COMENTÁRIOS

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui