Hotéis do Rio devem ter mais de 75% de ocupação no feriado de Corpus Christi

Depois de dois anos, o turismo doméstico já alcança os patamares anteriores a 2020; em 2019 a ocupação foi de 67%

Foto: BrasilTurismo

De acordo com o Rio Convention & Visitors Bureau (Rio CVB), neste feriado prolongado de Corpus Christi no Rio de Janeiro, entre 16/06 e 17/06,a ocupação hoteleira deve superar os 75%. Em 2019, a ocupação foi de 67%.

Após as dificuldades enfrentadas nos últimos anos, a tendência agora é que a movimentação turística retorne ao patamar de antes da pandemia. Em relação aos atrativos turísticos, a expectativa é ultrapassar o número de frequentadores de 2019.

O fluxo de turistas no feriado reflete o atual momento de retomada do setor. Depois de dois anos, o turismo doméstico já alcança os patamares anteriores a 2020 e o retorno das viagens internacionais caminha no mesmo sentido, informa o RIO CVB.

O secretário de Turismo, Antônio Mariano, afirmou, em entrevista ao DIÁRIO DO RIO, que esse número mostra que o Rio de Janeiro é uma cidade resiliente e “que acertou em apostar na vacinação de sua população. Agora temos tido bons resultados com a recuperação do turismo, sempre com números perto da ocupação integral da rede hoteleira, durante os feriados prolongados”

Ele ainda alega que o Rio está como o Cristo Redentor, de braços abertos. “Estamos de braços abertos para continuar recebendo cada vez mais os turistas, uma vocação natural da nossa cidade”, completa Mariano.

Apesar disso, há entraves importantes para que a economia turística dispare. Um dos fatores é o alto valor das passagens, impulsionado pelo aumento na procura de viagens com a flexibilização das medidas sanitárias e o aumento no preço dos combustíveis.

A diretora-executiva do Rio CVB, Roberta Werner, disse que é importante que o setor privado e o poder público trabalhem juntos para retomar 100% do turismo na cidade. “Há ainda um forte investimento em campanhas de divulgação nos destinos que concorrem com o Rio de Janeiro. Por isso, é importante que o setor privado e o poder público trabalhem juntos para que a cidade se destaque como opção de destino turístico”, destacou Roberta Werner.

Advertisement

1 COMENTÁRIO

  1. Meus amigos, secretário do turismo e outros com finalidade igual, até quando o Rio vai conviver com essa rodoviária, não adianta falarem que parece mais um aeroporto ou um chopping, não meu amigos, o embarque e desembarque parece um lixo, desorganizado e com cheiro de urina, só vocês que não veem, porque não vão na rodoviária, passam ao largo e não entram. Vão lá ver como é, o Rio não merece isso, é uma das cidades mais bela do mundo e tem uma rodoviária capenga.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui