Novo Posto de Atendimento ao Turista na Urca - Foto: Alexandre Macieira | Riotur
Novo Posto de Atendimento ao Turista na Urca - Foto: Alexandre Macieira | Riotur

Mais boa notícia para o Rio de Janeiro. Lauro Jardim/O Globo publicou nesta quarta-feira, 24/07, que no primeiro semestre de 2019 os hotéis cariocas tiveram uma alta na ocupação dos quartos de 18,2%, em comparação ao mesmo período de 2018.



Siga nossas redes e assine nossa newsletter, de graça

Jornalismo sério, voltado ao Rio de Janeiro. Com sua redação e colunistas, o DIÁRIO DO RIO trabalha para sempre levar o melhor conteúdo para os leitores do site, espectadores dos nossos programas audiovisuais e ouvintes dos nossos podcasts. O jornal 100% carioca faz a diferença.

De acordo com um levantamento inédito do Fórum dos Operadores Hoteleiros do Brasil (FOHB), baseado em dados de 479 hotéis, responsáveis pela oferta de 77.191 quartos, houve aumento de 5,1% na taxa de ocupação e de 7,3% no valor da diária média. Os dados comparam os primeiros 6 meses deste ano com o mesmo período de 2018.

No Rio, em maio deste ano, a taxa de ocupação alcançou 61% do total de quartos ofertados. Em São Paulo, subiu apenas 3%, mas a cidade registrou uma ocupação de 63%, ligeiramente superior à registrada no Rio (61%).

Quando se pesquisa o valor médio das diárias nas duas maiores cidades brasileiras no período, a diferença é flagrante. Em São Paulo, elas cresceram 13,7% e no Rio caíram 0,1% (a boa notícia para o Rio é que em junho o valor das diárias subiu 6,2% ante junho do ano passado, o que retrata um viés de recuperação).

É como o DIÁRIO DO RIO disse sobre o fechamento do Hotel Novo Mundo: se deu por má administração e não problema da cidade. E ainda há vários investimentos no setor no Rio, como a recente contratação do renomado chef Carlos Cordeiro pelo Fairmont. Aos poucos, a Cidade Maravilhosa vai dando sinais de recuperação.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui