Desde que foi inaugurado, em 30 de agosto, o Hotel Acolhedor, no Catete, atendeu 438 moradores de rua. O programa da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos oferece um leito de hotel para o pernoite à população de rua da capital fluminense.

Na última semana o programa se converteu também em uma porta de entrada para outros serviços do estado aos abrigados. Cerca de 10% dos atendidos pelo Hotel Acolhedor foram encaminhados para serviços como; segunda via de documentação, encaminhamento ao mercado de trabalho, Centro de Referência Especializado de Assistência Social entre outros.

O Hotel Acolhedor localizado na Rua Pedro Américo, 173, no Catete, oferece 130 vagas diárias, além de 3 refeições, roupa de cama e kit de higiene básica. O equipamento conta com uma equipe de oito educadores e dois profissionais na área de assistência social e psicologia.

– O Programa Hotel Acolhedor vem resgatar a dignidade da nossa população e oferecer novamente uma oportunidade de um novo recomeço de vida – disse o secretário Matheus Quintal (Republicanos).

Muitos que estão em situação de rua não conseguem arrumar um emprego por não possuírem residência fixa. Com o Hotel Acolhedor, nós vamos mudar essa realidade e ajudar essas pessoas – acrescentou o secretário.

Os acolhidos chegam até o hotel a partir do contato com as equipes da Fundação Leão XIII, Marcha da Cidadania e Ordem e Segurança Presente, que atuam na região da Zona Sul e Centro da Cidade.

Nas próximas semanas o programa será expandido com abertura de mais 170 vagas em um segundo hotel, no Centro do Rio. Ao todo o Hotel Acolhedor terá 300 leitos para atender à população de rua.

3 COMENTÁRIOS

  1. Parabéns aos servidores do Estado do Rio que tiveram essa humanitária iniciativa, engajados nos trabalhos para que ela alcance da forma mais abrangente possível os objetivos almejados, contribuindo para o bem-estar dessa parte da população tão fragilizada e frequaetemente relegada à própria sorte.

  2. Uma bela iniciativa, um bom começo! Seria muito interessante anunciar como o cidadão Carioca poderia ajudar este projeto. Vejo muitas pessoas engajadas no auxílio aos moradores de rua. Se todos ajudassem esse projeto, quem sabe os moradores de rua um dia não precisariam ficar ao relento. Façam mais reportagens sobre esse assunto e verifiquem junto a Prefeitura o que nós cidadãos podemos fazer em prol desse projeto/população de rua, que vem crescendo a cada dia.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui