Hotel Glória passará por retrofit e deve ser entregue em 2026

O novo desenho do Hotel Glória contará com 266 unidades residenciais de alto padrão, além de quatro lojas no térreo. Com a sua reabertura espera-se uma valorização da região

Hotel Glória, um ícone do Rio de Janeiro
Foto: Reprodução

O Hotel Glória, que foi o primeiro empreendimento do setor a receber a classificação de cinco estrelas no Brasil, vai passar por uma processo de retrofit, para ser transformado em um residencial de altíssimo padrão, com 266 apartamentos. O hotel, que fica na Rua do Russel, nº632, pertence Opportunity Fundo de Investimento Imobiliário e conta com os cenários deslumbrantes da Marina da Glória, do Pão de Açúcar e do Cristo Redentor como trunfos. A expectativa é de que a obra seja entregue em 2026. As informações são do Diário do Porto.

O novo desenho do Glória contará com as 266 unidades residenciais de alto padrão, além de quatro lojas no térreo. Segundo os donos do Hotel, na ambiência conceitual do projeto: “o contemporâneo estará presente sem deixar de lado as características icônicas do hotel, pois queremos preservar a memória deste empreendimento que tem grande relevância para a história do país, já que foi o primeiro cinco estrelas do Brasil.”

Assim como os proprietários de lojas comerciais e de imóveis da Glória e bairros próximos, o Grupo Opportunity aposta na valorização do entorno ao Hotel, que sofreu um processo seríssimo de degradação, graças ao abando do espaço por anos à fio. Segundo a assessoria do Grupo, o retrofit do Hotel Glória vem lastrear o projeto Dias de Glória, anunciado pela Secretaria Municipal de Turismo, em março deste ano.

 “O objetivo da iniciativa da Prefeitura é reconhecer o potencial turístico do local em 40 endereços e, claro, que o Hotel Glória é um desses ícones. Os esforços dos poderes público e privado são fundamentais para enaltecer a importância da Glória”, afirmou, por meio de nota, a assessoria do Grupo Oportunity.

A obra do Hotel Glória é mais uma intervenção a contribuir para a revitalização da área central da cidade. Através do projeto Reviver Centro, da Prefeitura do Rio de Janeiro, houve também uma abertura de novas frentes para o mercado de imóveis residenciais na região. No último ano, foram vendidos duas mil unidades entre Centro e a área portuária.

Advertisement

6 COMENTÁRIOS

  1. Acho maravilhoso um novo recomeço a este belíssimo prédio do Rio de Janeiro que estava abandonado. Além disso, a revalorização desta área tão bonita do nosso cartão postal é algo imprescindível à nossa cidade maravilhosa!

  2. É muita balela. Mais uma morte anunciada de um ícone na história dessa cidade, que a passos largos vai deixando de ser a “maravilhosa” para se render a mais um grupo de espertos especuladores do mercado imobiliário juntamente com uma prefeitura de m. Lamentável !

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui