Royalty Barra
O Hotel Royalty Barra opera atendendo a todas as exigências do Ministério da Saúde para a Pandemia do COVID-19

A Rede Royalty de Hotéis, uma das principais redes hoteleiras da cidade com unidades em Copacabana e Barra, fechou as suas unidades da Zona Sul, conforme noticiamos aqui no DIÁRIO DO RIO. Porém, um de seus hotéis seguirá funcionando na Barra da Tijuca. Lá a empresa conta com o moderno Royalty Barra, conhecido hotel que fica na Avenida Lúcio Costa quase na esquina da Olegário Maciel.

No famoso hotel de 250 apartamentos, com as varandas com vista para o mar da barra, foram implantadas novas medidas de acordo com as normas médicas e de segurança do trabalho, que, segundo a gerência do hotel, possibilitam um funcionamento o mais seguro possível para quem, neste momento difícil, precisa de hospedagem. Da mesma forma, oferecendo segurança aos funcionários.

A diretoria do Royalty Barra Hotel, é pioneiro na aplicação de medidas para garantir uma estada segura para quem precisa de hospedagem no Rio.

Segundo Isabel Espasandin, diretora do Hotel, “a unidade da Barra está preparada para receber os hóspedes de forma especial, pois nos adaptamos totalmente às ações necessárias para evitar o COVID-19. Não podemos esquecer que tem pessoas que não puderam deixar o Rio a tempo de evitar a quarentena e o fechamento das divisas da cidade, assim como profissionais de saúde”. “Estamos indo além das medidas recomendadas pelo Ministério da Saúde”, disse.

O Royalty da Barra implantou procedimentos de higiene e segurança para receber os hóspedes

O hóspede Paulo Gonçalves, de Goiânia, disse ao DIÁRIO que “é importante que algum hotel se adapte pra receber pessoas, que não tem como se locomover durante a pandemia” e adicionou que está “impressionado” com as medidas tomadas pelo Royalty Barra e que se “sente seguro”.

A Rede Royalty informou ao DIÁRIO que a previsão de reabertura do hotel Royalty Rio, em Copacabana, é 30 de abril. Já o Royalty Copacabana, com 140 quartos, deve reabrir até 03/5. A Rede receberá todos os hóspedes que mantiveram suas reservas na unidade da Barra, que é uma das mais modernas da companhia, centralizando na Barra toda sua atuação.

Paralelamente a isto, a Hotelaria carioca e fluminense em geral segue fechando seus hotéis. Já fechou o badalado Prodigy, do Aeroporto Santos Dumont, e amanhã deve fechar, em Teresópolis, o conhecido Le Canton.

3 COMENTÁRIOS

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui