O PSD terá pré-candidato a prefeito do Rio de Janeiro em 2020, será o deputado federal Hugo Leal, é o que informa a jornalista Berenice Seara/Extra. O anúncio foi feito pelos presidentes nacional e estadual do PSD, o ex-ministro Gilberto Kassab e o senador Arolde de Oliveira.



Siga nossas redes e assine nossa newsletter, de graça

Jornalismo sério, voltado ao Rio de Janeiro. Com sua redação e colunistas, o DIÁRIO DO RIO trabalha para sempre levar o melhor conteúdo para os leitores do site, espectadores dos nossos programas audiovisuais e ouvintes dos nossos podcasts. O jornal 100% carioca faz a diferença.

Dessa forma estanca os sonhos do ex-braço direito de Marcelo Crivella, Paulo Messina de ser candidato pelo partido. Ele pode procurar até outro partido para encabeçar a chapa, mas agora dificilmente conseguirá completar seu sonho de ser candidato a prefeito, e é provável que seja candidato a reeleição para vereador do Rio.

Quem perde no PSD é o neto do presidente da Câmara dos Vereadores, Jorge Felippe, e filho da eminência parda da Prefeitura do Rio, Rodrigo Betlhem, o deputado estadual Jorge Felippe Neto.

Não que a candidatura de Leal realmente aconteça, o PSD não é um partido forte no Rio, e ele não é exatamente uma figura que agregue muitos votos. No máximo sai candidato para ter recall de votos em 2022 quando tentar a reeleição para deputado federal.

2 COMENTÁRIOS

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui