Menos um candidato na corrida para Prefeito do Rio em 2020, o deputado federal Hugo Leal (PSD) desistiu de sua candidatura, que foi aprovada na recente convenção de seu partido. A retirada é para apoiar o candidato do PSL, o deputado federal Luiz Lima, que teve sua candidatura oficializada esta semana.



Siga nossas redes e assine nossa newsletter, de graça

Jornalismo sério, voltado ao Rio de Janeiro. Com sua redação e colunistas, o DIÁRIO DO RIO trabalha para sempre levar o melhor conteúdo para os leitores do site, espectadores dos nossos programas audiovisuais e ouvintes dos nossos podcasts. O jornal 100% carioca faz a diferença.

Inicialmente, haveria uma aliança de PSL, PTB e PSB, inclusive com Lima como cabeça de chapa, e Cristiane Brasil (PTB) como vice. Mas Leal não gostou de ser preterido, nem consultado sobre a formação da chapa, e lançou candidatura própria. Agora, com Cristiane presa, e o PTB declarando apoio a Marcelo Crivella (Republicanos), o PSD pode retornar ao plano original.

Ambos fazem parte da base de apoio de Bolsonaro, cujo apoio Crivella contava para conseguir vaga no 2º turno. O que fica cada vez mais difícil de acontecer, caso os votos bolsonaristas caiam no colo de Lima.

Quanto ao vice, o nome mais cotado é o da deputada estadual Rosane Felix, do PSD. Eleita com 53.644 votos, 22.958 na capital, é evangélica, da Assembleia de Deus e radialista. E quando criança chegou a gravar 3 álbuns.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui