O IBOPE divulgado hoje, 23/10, mostra que a eleição do 2º turno do Rio de Janeiro começou tendo como grande favorito Wilson Witzel (PSC) que chegou a ter diferença de mais de 20% com Eduardo Paes (DEM) caiu faltando poucos dias para a eleição para apenas 10% dos votos totais, são 48% para Witzel e 38% para Paes, 11% em branco/nulo e 3 % de indecisos.

Em menos de 1 semana a diferença caiu 8 pontos, dessa forma, mesmo com a distância aparentemente alta, o crescimento de Paes mostra que não há favoritos para domingo. Se continuar assim a chance é de convergir no dia 28 para zero a diferença, ou seja, tem muita coisa ainda para acontecer nestes dias que vem.



Também mostra que a campanha negativa do candidato do DEM contra o candidato do PSC tem funcionado, não são poucas as pessoas que tem dito que votaram em Witzel no 1º turno mas sem saber quem ele era, e agora conhecendo quem é indo votar em Paes.

Nos votos totais, excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. a diferença agora é de 12%, Witzel tem 56% e 44% para Paes.

Sobre a pesquisa
Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos
Entrevistados: 1.512 eleitores em 41 municípios
Quando a pesquisa foi feita: 20 a 23 de outubro
Registro no TSE: BR? 07484/2018
Registro no TRE: RJ? 07513/2018
Contratantes da pesquisa: TV Globo e Editora Globo, que edita o jornal “O Globo”.
O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 3 pontos, para mais ou para menos.

3 COMENTÁRIOS

  1. O que faz mudar o voto do eleitor é a indução do candidato, principalmente quando o eleitor está indeciso. Veja o PT com os seus eleitores fanáticos. Os eleitores do PT sabem que o Lula não é inocente juntamente com a sua quadrilha corrupta, entretanto são induzidos, pela mídia comprada e falsas promessas eles são profissionais nisso.

  2. Gente, o pessoal dos bairros e comunidades, esse parceiro do juiz Wilson Witzel está lançando PEDRA FUNDAMENTAL eleitoreira. Depois tem que o pessoal da comunicação ficar cobrando porque nada vai sair do papel. Engodo. Vamos de 25! Conhecemos o cara: Eduardo Paes.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui