Idoso sendo vacinado contra a Covid-19 no Rio - Marcelo Piu/Prefeitura do Rio

Os idosos do Rio já tem uma previsão de data para receber a chamada dose de reforço contra a Covid-19, a terceira imunização para completar o ciclo vacinal, no caso dos maiores de 60 anos. A prefeitura acredita que no mês de outubro possa começar a vacinação da faixa etária, começando com os maiores de 80 anos, assim que concluir o calendário para os demais públicos.

Se tudo correr sem interrupções, o município deve seguir com o cronograma em novembro para os com mais de 70, chegando a dezembro para os que estão acima dos 60. Contudo, quando divulgou esse calendário, a Secretaria Municipal de Saúde esclareceu que a aplicação só acontecerá se houver evidência científica sólida (de sua eficácia) e recomendação do Programa Nacional de Imunização (PNI).

Quase 100 mil idosos não tomaram segunda dose da vacina contra Covid

O avanço da vacinação na cidade do Rio contrasta com o número de idosos que ainda não tomaram a segunda dose do imunizante contra a Covid. Segundo dados da Prefeitura do Rio atualizados nesta sexta-feira (30/07), 97.445 pessoas maiores de 60 anos tomaram apenas a primeira dose da vacina contra a Covid-19. Isso com mais de três meses do fim do calendário que comtemplava o grupo dessa faixa etária, no fim de de abril.

Os dados também mostram que mais de 10 mil pessoas com 80 anos ou mais que tomaram a primeira dose no Rio ainda não completaram o esquema vacinal. A maior defasagem é no grupo de 60 a 64 anos, com 58 mil idosos vacinados somente com a primeira dose.

A falta da segunda dose no grupo também impacta nos prazos para que a segunda dose seja aplicada, já que a CoronaVac tem prazo de 28 dias e a AstraZeneca, 12 semanas.

A prefeitura alega que grande parte desses idosos ainda estão no prazo de completar o ciclo de imunização, porque receberam a primeira dose da vacina em dias de repescagem.

Fiocruz alerta sobre tendência de alta na internação de idosos pela primeira vez em quatro meses. O secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz novamente pediu, nesta terça-feira (03/08), para as pessoas não deixarem de levar os idosos aos postos.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui