Reprodução: Internet

Com a finalidade de evitar aglomerações e evitar colocar a vida de idosos e acompanhantes em risco, a Prefeitura do Rio divulgou na segunda-feira (18/01), que colocará à disposição da população 14 pontos estratégicos para vacinação contra covid-19, sendo que alguns deles serão direcionados aos idosos, seguindo o modelo ‘drive-thru’.

De acordo com o plano de vacinação da Prefeitura, o Rio contará com 450 pontos de vacinação: 236 clínicas da família, centros municipais de saúde e policlínicas, e demais pontos de vacinação.  

Os catorze pontos de vacinação contra a Covid-19 são: CMS Belizário Penna, em Campo Grande (com drive-thru); Policlínica Lincoln de Freitas Filho, em Santa Cruz (com drive-thru); Policlínica Manoel Guilherme da Silveira, em Bangu (com drive-thru); Parque de Madureira; Estádio Nilton Santos (Engenhão); UERJ; Universidade Estácio de Sá, unidade Carioca Shopping; Cidade Universitária; G.R.E.S Mocidade Independente de Padre Miguel; Sambódromo; Cidade das Artes; G.R.E.S Estácio de Sá; Aterro do Flamengo, e UFRJ, no Campus Praia Vermelha

Na primeira fase da vacinação, que ocorre ocorrer 19 a 23/01, apenas idosos em asilos, pessoas com deficiência que estão em instituições e população indígenas vivendo em terras indígenas, além de profissionais da área da Saúde serão vacinadas. Por isso, os pontos de vacinação e os drive-thrus ainda não estão ativos neste primeiro momento.

Na segunda fase da vacinação, recebem o imunizante idosos à cima 95 anos. Ainda não há uma previsão de quando as doses de vacinas para a segunda etapa de imunização vão chegar. A Prefeitura orienta que os cidadãos procurarem os pontos de vacinação na data indicada para seu perfil.

1 COMENTÁRIO

  1. Esse esquema drive-thru privilegia quem, de alguma forma, tem meio de se prevenir… Quero ver se a vacina vai chegar para os idosos que, quando saem por necessidade, tomam transporte público…

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui