Interior da Ilha da Gigóia - Foto: Divulgação/Até Onde Eu Puder Ir

A Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, como um todo é um lugar exuberante e atraente tanto para se morar quanto para visitar. Mas dentro do bairro existe uma localidade, especificamente falando, charmosíssima e que costuma atrair bastante turistas e curiosos. Trata-se da popular Ilha da Gigóia.



Toda manhã o resumo do Rio de Janeiro

Situada próxima à região do Jardim Oceânico, uma espécie de sub-bairro da Barra, a Ilha não tem circulação de carros e só é possível adentrá-la através de balsas. Por lá, vivem cerca de 3 mil habitantes.

O curioso é que, embora seja parte do município do Rio de Janeiro, isto é, da capital, a sensação é de interior. O clima é muito diferente da atmosfera agitada da cidade. Dá-se a impressão de estar num ”universo paralelo”.

Balsa que dá acesso à Ilha da Gigóia – Foto: Divulgação/Lá Vai a Paty

Totalmente interligada à natureza, a Ilha da Gigóia é ótima opção para dias ensolarados, típicos da Cidade Maravilhosa. Por lá, os passeios de barco são um atrativo, assim como os esportes aquáticos, como jet-ski e caiaque. Além disso, os estabelecimentos gastronômicos locais são muito procurados, com destaque para o Caiçara, o Cais Bar e o Laguna, cada um à sua maneira de ser.

Vista do Bar Caiçara – Foto: Reprodução

Morador de Jacarepaguá, também na Zona Oeste, o músico e representante comercial Lander Júnior ressalta as qualidades da Ilha, em especial a chegada ao local.

”Adoro passear na Ilha da Gigóia. Ótimo lugar para a família, com diversas opções para almoçar. Sem falar na chegada ao local de barco, que por si só já vale muito a pena, diz Lander.

Mas se engana quem pensa que a Ilha da Gigóia é apenas para um ”bate e volta”. O local dispõe de diversas opções de pousadas para hospedagem, permitindo a quem queira ficar mais tempo do que somente um mero passeio.

É natural pensar em Barra da Tijuca e automaticamente se lembrar das praias e shoppings, mas não dá para deixar de conhecer a Ilha da Gigóia, certamente um dos lugares mais aprazíveis do Rio.

75 COMENTÁRIOS

  1. Fui toda animada pensando q era para passar o dia. Cheguei umas dez da manhã..não tem nada! Tive q esperar até meio dia para abrir alguma coisa ….as reportagens tem q avisar para não ir antes do meio dia . Eu detestei. Fiquei esperando com minha filha criança p..foi bem desagradável..

  2. Estive na Ilha hospedada em uma pousada. O local me pareceu abandonado pela administração. A água que circunda a ilha é imunda. Puro esgoto. Nos locais de espera das balsas, muitas baratas. Para ser um local agradável para turistas é preciso investimento principalmente em saneamento.

  3. Juro que não entendi nada desses comentários! A reportagem é para morar na Gigoia, ou fala de um local agradável para passear, beber, comer? De vez em quando vou lá e sempre que um amigo vem , levo para conhecer! É um passeio super agradável e quando os fiz não encontrei cheiro de esgoto, milicianos, etc etc. Se estão dando dica para ninguém querer morar la até posso entender, mas se não for isso também concordo que só estão contribuindo para uma péssima imagem e prejudicando aqueles que dela dependem para sobreviver! Tem gente dizendo que nunca conheceu e depois dos comentários não quer conhecer! Lamentável!!!

  4. A Ilha da Gigoia é o retrato da desordem e desrespeito urbano no Rio de Janeiro. Nossos governantes não estão nem ai para a população.
    A Ilha da Gigoia, local maravilhoso mas que em breve será impossível residir lá se não fir milionário. Os construtotes entram suornam nossos governantes e estes deixam cim que eles façam o que querem.

  5. Morei la há uns 15 anos….
    Era um paraíso…
    Até que começaram drogas, festas até altas horas, furtos; inclusive envenenamento de cães…
    Mudei-me!
    Uma pena o que aconteceu com a Ilha da Gigóia!

  6. O Rio de Janeiro devia ser administrado por americanos…ingleses….ou qualquer outro povo que soubesse equalizar beleza geográfica da cidade com a ocupação urbana ordenada….deixar na mão de carioca…só pode dar M

  7. Reportagem completamente infeliz!!!
    Sou filho da ilha tenho 43 anos e conheço muito bem, minha família se somar o tempo q tem d ilha são mais d 50 anos… eu amava esse lugar. Mas entre outras coisas terríveis q é melhor não comentar por questões da minha própria segurança. Hoje, não existe mais respeito em nada aquo dentro. É exploração imobiliária, e exploração comercial desenfreada, sem oferecer nenhuma estrutura (poucos são os “bons” restaurantes, tudo é extremamente caro. NÃO TEM SANEAMENTO BÁSICO, não existe respeito a lei do silêncio, drogas e mais drogas e pessoas “estranhas” pra baixo e pra cima como se fosse liberado, ninguém conhece mais ninguém como no passado. Segurança acabou justamente por causas dessas matérias irresponsáveis q sempre falam q aqui é um suposto paraíso e q não tem violência (piada né), entre esses absurdos q tentei resumir para não me expor demais. Agora como se não bastasse tudo q citei, virou local de bares, casas de festas e eventos, com música alta acabando com o silêncio q sempre foi algo muito bom para os moradores… infelizmente muitos pioneiros foram embora, ou estão vendendo suas casas e indo pra bem longe de q se tornou a Ilha da Gigóia… muito triste, muito triste pra quem realmente conhece e está vendo a ilha acabando!!!

    • concordo plenamente , depois que a mídia “descobriu” a ilha o paraíso começou a procurar outro endereço . Num passado não muito distante , pessoas moravam na Barra e nem elas sabiam da existência das Ilhas… agora já era “ Inês é morta “ nunca mais !! uma triste realidade .

  8. A quantidade de gente que só reclama é espantosa, um bando de garotos e garotas enxaquecas que não sabem nem escrever num razoável português. Não se ligam que suas críticas podem prejudicar comércio e famílias bem nesse momento delicado. Terapia faz bem galera!

    • Estive na Ilha hospedada em uma pousada. O local me pareceu abandonado pela administração. A água que circunda a ilha é imunda. Puro esgoto. Nos locais de espera das balsas, muitas baratas. Para ser um local agradável para turistas é preciso investimento principalmente em saneamento.

  9. Olá conheço as ilhas muito bem entre elas a Gigoia conheci por volta de 92
    Era muito bom tinha umas 150 pessoas mas ou menos hoje tem mas de 6 mil então e lógico que teve um crescimento não agradável e a arquitetura não ajudou muito pos sou buziano e nossa arquitetura e diferente mas mora gente de bem tb poucas mas morao

  10. Olá conheço as ilhas muito bem entre elas a Gigoia conheci por volta de 92
    Era muito bom tinha umas 150 pessoas mas ou menos hoje tem mas de 6 mil então e lógico que teve um crescimento não agradável e a arquitetura não ajudou muito pos sou buziano e nossa arquitetura e diferente mas mora gente de bem tb poucas mas morao

  11. Já frequentei algumas vezes, mas. há muito tempo atrás,era muito aprazível esse lugar, charmoso e calmo ,muito bucólico,mas agora não sei como está. Acho que deve ter se transformado em um lugar desagradável por omissão do poder público, lamentável.

  12. A Barra sem dúvida é um lugar belíssimo mesmo com toda destruição humana, mas infelizmente fede muito, parece um esgoto a céu aberto!
    E pra quem vier falar que é inveja, já vou avisando conheci a Barra antes e conheço agora!!!
    Lamentável!!!

  13. Acho que essa matéria está refletindo outros tempos.
    A ilha fede na maré baixa, devido a poluição da lagoa. E as ruas são muito sujas também.

  14. Acredito que essas pessoas que estão desapontados não tiveram oportunidade de conhecer nada, talvez por falta de dinheiro e por isso só conheceram a parte mais humilde. Mas perderam porque lá tem muita coisa boa pra conhecer, é só procurar e quem falou que só tem maconha é um belo de um mentiroso e fanfarrão que na verdade não tem é dinheiro pra conhecer a ilha e posso dizer mais, a ilha não é pra qualquer invejoso não hein. E fica a dica de uma pessoa que conhece e frequenta muitos lugares legais por lá. Vale a pena a conferir.

  15. Eu tive a satisfação de conhecer e frequentar, quando era jovem e com meus irmãos, etc. E era uma delícia, parecia um paraíso. Adorava. Por questões de trabalho, não podia ser frequente, mas era sempre bom. Claro, que haviam algumas limitações, mas faziam parte do charme local. Mas, havia esquecido completamente. Eu na época namorava, meu marido. Depois casamos, tivemos filhos, depois separamos, hoje, lamentavelmente, sou viúva. Mas, adoraria voltar e ver como está. E levar minha filha, meu netinho…mas sinceramente, não sei se me recordaria do caminho. Mas, sim, seria ótimo rever. Desejo o melhor pra todos lá. E tenho ótimas recordações. Abraços, Laura

  16. Kkkk Fui a essa Iha atrás dessas “maravilhas” e não encontrei. Parece uma fevela! Cheiro ruim! Pensava q tivesse uma boa estrutura, as foi decepcionante. Enfim, cada um com o seu cada um. Não tenho intenção alguma de voltar e nem indico o passeio.

  17. Como sempre,os comentários amargos,destrutivos e acho q até meio invejosos.A Gigóia é linda,mesmo com todas suas mazelas( como todo nosso RJ).O povo é receptivo,a opção de bares e ritmos é grande.o preço é justo.Vi um celular num banco do jardim e falei com um rapaz q varria a praça”toda”.Ele é um morador q luta pelo bem comum,disse q ali ninguém pega nada de ninguém.Eles se cuidam!Tbm nunca vi brigas ou drogas.Claro q deve ter,como em tds os lugares.Frequento o Cais Bar,o Deck Bar,etc,vou continuar frequentando pq ali,me sinto fora,mas tbn dentro de casa!!!? Amo a Ilha da Gigóia.

  18. Como sempre,os comentários amargos,destrutivos e acho q até meio invejosos.A Gigóia é linda,mesmo com todas suas mazelas( como todo nosso RJ).O povo é receptivo,a opção de bares e ritmos é grande.o preço é justo.Vi um celular num banco do jardim e falei com um rapaz q varria a praça”toda”.Ele é um morador q luta pelo bem comum,disse q ali ninguém pega nada de ninguém.Eles se cuidam!Tbm nunca vi brigas ou drogas.Claro q deve ter,como em tds os lugares.Frequento o Cais Bar,o Deck Bar,etc,vou continuar frequentando pq ali,me sinto fora,mas tbn dentro de casa!!!? Amo a Ilha da Gigóia.

  19. A ilha da Gigoia está poluída e cheia de puxadinhos, como todo o Rio de Janeiro, e caminhando a passos largos para a favelização e milicialização, que ocupa toda a nossa cidade. Será em breve uma Paquetá lagunar. O correto seria sua preservação total e despoluição das lagoas do complexo Tijuca-Jacarepaguá.

  20. Não tem nada de paradisíaco! É um lugar horrível, atrasado, tem que pegar barcas velhas e pagar para entrar e sair dassa ilha! Cheio de galinhas soltas, terra pura, é um lugar ridículo! Eu nunca moraria ali! Prefiro imposto 9 em Ipanema! Moderno, lindo, de fácil acesso, sofisticado! Essa ilha da Gigoia parece uma roça dentro da Barra da Tijuca, outro bairro cafona, onde reúne fortunas de gente grosseira e cafona!

  21. Sou frequentador assíduo da Ilha a longos e longos anos, e falo com propriedade que de alguns anos pra cá, se sentir cheiro ruim vindo da lagoa, foram 2 ou 3x no maximo, inclusive vejo em muitos dias a agua tao clara q conseguimos ver o fundo da lagoa. Bom, sou um apaixonado pela Ilha por diversos motivos, e se vc nao conhece ainda, vale muito a pena ir conhecer esse paraíso carioca?

  22. Como falar que essa ilha é aprazível diante do mal cheiro que exala pela falta de esgoto e uma infraestrura mais adequada??? Por favor não é, vamos ser mais realistas? Morar sem nenhuma estrutura básica, pra mim não é morar bem. Desculpa.

  23. Gostaria de saber se tem tratamento de esgoto,se os moradores dessa ilha tem RGI pois já como diz já está em 3 mil pessoas que oculpam de forma irregular as ilhas cariocas.

  24. Não conheço o lugar mas conheço bem os problemas da Cidade do Rio de Janeiro. Acho um absurdo todos culparem o poder público quando na realidade o carioca e muito porco… nunca vi pessoas para serem tão mal educadas e porcas igual o carioca… mesmo sendo natural desta cidade vejo cada dia mais e mais a falta de educação em todas as esferas imperar na Cidade. Não compete ao poder públivo a educação do lixo no lixo compete ao cidadão.

  25. Infelizmente,O Rio de Janeiro, é retrado de tudo que irá ocorrer no Brasil todo: Milicianos, especulação imobiliária,festinhas pra distrair a massa, esporte comercial pra iludir pobres,e overdose de Seitas e Religiões anestesiando mentes….

  26. Infelizmente os comentários negativos são reais. A ilha é um lugar agradável, porém, c o descaso do Poder Público e tb ( eu acredito ) com a falta de senso de preservação dos que vivem e trabalham, assim como daqueles q lá vão passear, degradou bastante o local. A água cheira mal e a paisagem é um misto de beleza natural c mt lixo, demonstrando claramente desleixo e decadência, o q n difere de uma forma geral, do restante das paisagens do nosso Estado q ainda conserva traços da sua beleza, em meio ao abandono a q está submetido.

  27. A ilha é ótima! Sou morador há bastante tempo.
    Óbvio que tem seus problemas estruturais pela falta de atenção do poder público, mas ela não é tomada pelo poder paralelo, muito menos reduto de prostituição.

    Enquanto moradia, tem seus problemas estruturais de água e esgoto, entretanto, o fornecimento de água melhorou absurdamente de 2 anos pra cá.
    Segurança? Sem dúvidas um dos melhores lugares do Rio para morar e transitar nesse sentido.
    Barulho de carros, poluição dos ônibus, não tem também.

    Moradores mal educados e sem noção, em todo o Rio tem!
    Temos uma gama de serviços dentro da ilha e o custo benefício vale muito a pena quando se compara com muitas opções no Rio de Janeiro como um todo.

  28. É tudo isso que foi dito. De bom e de ruim.
    Tem o ar bucólico, mas também tem a poluição aquática e o crime organizado, que não interfere no turismo.
    É o reflexo de nosso estado do Rio. Note que eu não disse cidade do Rio.

  29. A ilha é lugar comandado por milicianos , a lagoa se tornou esgoto das invasões e construções ilegais que surgiram nos últimos 25 anos a sua volta sem que nenhum dos prefeitos tomasse providências e os moradores da Barra pagassem iptus cada vez mais caros. A ilha poderia ser realmente um paraíso se não fosse um antro de milícia, drogas e sei lá mais o quê. Se fosse bom, não estaria tão escondida no meio da Barra , não é?

  30. Cara, complicado essa matéria, talvez não seja muito condizente com a realidade. Até tem uma certa beleza, mas a ilha é comandada pelo poder paralelo e a água realmente muito poluída. Fede bastante.

  31. Minha opinião é que vale o passeio, é um lugar pitoresco e agradável, bom para almoçar e passar a tarde. É verdade que a lagoa está muito poluída, porém ainda podemos ver jacarés ao rodear a ilha.

  32. Minha opinião é que vale o passeio, é um lugar pitoresco e agradável, bom para almoçar e passar a tarde. É verdade que a lagoa está muito poluída, porém ainda podemos ver jacarés ao rodear a ilha.

  33. Gente, infelizmente o local é cheiro de esgoto, dominado pelo poder paralelo e com muita prostituição de meninas que vem para o Rio de Janeiro para trabalhar de modelo e acaba na ilha gigoia por ser no miolo da Barra da Tijuca.

  34. Caramba, até eu me assustei com os comentários! Eu já fui umas poucas vezes, mas só pra almoçar. Achei interessante a ida de balsa e os restaurantes q fui não me decepcionaram, apesar q nem sou muito exigente. Gosto do passeio, acho q vale, mas não conheço o interior da ilha. Uma pena mesmo q seja isso q estão falando….?

  35. fui conhecer e infelizmente muita decepção…cheiro de esgoto em cada lugar…e o tal Bar Caiçara nem é isso tudo….precisa melhorar muita coisa

  36. Pela reportagem eu até achei atrativo, mas ainda que vi os comentários de quem já foi, nem quero conhecer….. obrigada ai galera pela avaliação..

    • Faça sua própria imagem! Já fui algumas vezes e levei amigos que amaram! O passeio do barco é super agradável e os restaurantes tem para todos os bolsos e gostos! Acho que não vai se arrepender! Bem, se esquecer os comentários vai gostar! rs

  37. Tá de brincadeira né? Esgoto fétido e “seguranças” no local já dão uma idéia do equívoco desse rapaz quando fala da Gigóia como uma maravilha da barra.

  38. Ja foi um paraiso. Eu morei la e gostava de passear pelas ruelas. Mas havia dias que era um horror. O cheiro de esgoto, entra nas casas e vc tem vontade de sair correndo daquele lugar. Se fosse bem administrado poderia ser um.paraiso. Pena.

  39. Bom dia. A primeira foto mostra construções ao fundo, de 2 andares, com cara de construção de favela. A ilha fede e é ” administrada” por “seguranças.” Chamar de paraízo é um tanto demais, me desculpe a sinceridade.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui