Já tem data a votação do pedido de impeachment do prefeito Marcelo Crivella (PRB), de acordo com o blog do Edmilson Ávila, o relator do processo, vereador Luiz Carlos Ramos Filho (Podemos) está acelerando o trâmite, e deve ser votado 2 dias antes do prazo, no dia 25 de junho. E olha que isso com Crivella entregando sua defesa na 2ª, 10/6, faltando 5 minutos antes do prazo.

O relatório do impeachment deve ser entregue no dia 19/6, 5ª feira e publicado no Diário Oficial, 24/6.

Crivella precisa de apenas 1/3, 18 votos, para não perder o mandato. Ao que parece, ele tem ao menos 20 vereadores que devem votar a seu favor, o que pode gerar um efeito avalanche e conseguir fugir da degola.

Mas o atual prefeito não terá muito o que comemorar, a CPI do Camarote tem tido farto material com indícios de desvios e pode gerar um novo pedido de impeachment. E esse seria mais perigoso, os vereadores podem escolher a data para que o processo seja votado apenas em 2020, permitindo assim uma eleição indireta. Inclusive, a colunista Berenice Seara disse que Crivella pensa até em renúncia, só para forçar uma eleição direta.

Em entrevista ao Diário do Rio, o ex-prefeito Eduardo Paes disse ser contra um impeachment de Crivella, a partir dos 32:30

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui