TERESOPOLIS/TRAGEDIAComo disse ontem, o carioca precisa voltar às ruas, e agora com algo bem concreto, apoiar o pedido de impeachment do governador Sergio Cabral (PMDB) que foi requisitado pelos deputados Marcelo Freixo (PSol), Paulo Ramos (PDT) e Luiz Paulo (PSDB) ontem. O pedido é feito com base nas denúncias da Veja sobre o helicóptero da Alegria, e já recebeu o apoio de um pré-candidato a governador, o deputado federal Romário (PSB).

Vale ler os motivos de Romário que vão além dos helicópteros, o deputado diz que “Sérgio Cabral não está preparado para ocupar um cargo público”, seja pela farra em Paris, a amizade com Cavendish, a perda da batalha dos royalties do petróleo, os gastos excessivos no Maracanã, a derrubada do Estádio de Atletismo Célio de Barros, do Parque Aquático Júlio Delamare, da Escola Municipal Friedenreich e da Aldeia Maracanã, e por aí vai.

 

O Baixinho está cheio de razão mas é difícil que Cabral sofra impeachment, não há voto suficiente. Além dos 3 deputados que assinaram, vejo só mais uns 5 ou 6, se muito, votando hoje contra o governador e sua máquina. Quer dizer, até a hora de sentirem sangue na água e precisem lutar pela sobrevivência, aí é cada um por si. É por isso que precisamos tanto de cada carioca nessa luta contra um governador que perdeu sua ligação com a realidade do estado.

Quem quiser pode mandar um e-mail para os deputados estaduais, a lista pode ser vista aqui.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui